Senador Marcelo Castro trabalha para trazer TV Senado para Teresina

A capital piauiense é a única que ainda não possui transmissor da emissora de TV

Marcelo Castro e Jeová Alencar se reuniram com os representantes da TV Senado

Marcelo Castro e Jeová Alencar se reuniram com os representantes da TV Senado

Em reuniões realizadas nesta segunda-feira (17), em Teresina, o Senado Federal discutiu com a Assembleia Legislativa do Piauí e a Câmara Municipal os moldes de futura parceria que trará, ainda este ano, o sinal aberto da TV Senado para a capital piauiense. Atualmente, apenas a Rádio Senado está em operação no município, transmitindo na frequência de 104,5 MHz.

A capital piauiense é a única que ainda não possui transmissor da TV Senado em operação ou em instalação, tendo em vista acordo firmado entre o Senado e a Câmara dos Deputados, em 2012, que dividiu as responsabilidades entre as duas Casas de compartilharem entre si os seus sinais digitais em sistema aberto nessas localidades.

A negociação só foi possível graças à intermediação do senador Marcelo Castro (MDB-PI), que articulou os encontros entre a diretora da Secretaria de Comunicação do Senado Federal, Érica Ceolin, e o assessor da Secom, Luís Carlos Fonteles, com os presidentes da ALEPI, deputado Themístocles Filho, e da Câmara Municipal, vereador Jeová Alencar. Para concretizar a iniciativa, deverá ser assinado Acordo de Cooperação Técnica entre os três parceiros, para definir as responsabilidades de cada um.

A ideia é agregar o transmissor de TV à estrutura já utilizada para a Rádio Senado, em Teresina, que funciona nas instalações da TV Assembleia. O Senado e a Câmara Municipal, por sua vez, dividiriam o custeio da estação radiodifusora. O Senado monta todo o sistema de transmissão e cede ao Legislativo municipal uma subcanalização do Canal 42 outorgado ao SF, para veiculação de programação própria 24 horas em sinal aberto para toda a Região Metropolitana da capital piauiense, além de quatro horas diárias na programação da Rádio Senado.

O transmissor a ser instalado em Teresina está em vias de ser entregue pela empresa vencedora da licitação. O equipamento tem potência de 3,6 KW, com alcance em toda a Região Metropolitana, incluindo o município maranhense de Timon, que está localizado do outro lado do Rio Parnaíba. A audiência potencial do novo canal de TV está estimada em 1 milhão e 200 mil pessoas, que é a população residente na Grande Teresina, incluindo Timon (MA).

Fonte: Ascom

Dê sua opinião: