Senado

Senador anuncia conclusão da primeira parte da duplicação da BR-316

Elmano Férrer informou que 5 Km já estão comcluídos no trecho entre Teresina e Demerval Lobão

Os senadores Elmano Férrer e Ciro Nogueira visitaram o trecho da rodovia

Os senadores Elmano Férrer e Ciro Nogueira visitaram o trecho da rodovia

As obras federais de duplicação da BR-316, entre Teresina e Demerval Lobão, seguem avançando em ritmo acelerado. Dos quase 21 quilômetros previstos para o projeto, 5 quilômetros serão concluídos nos primeiros dias de janeiro. “Estas obras, que estão sob a responsabilidade do Dnit, foram iniciadas em agosto deste ano e, cerca de 5 meses depois, a gente terá este trecho pronto, que representa ¼ da extensão total do projeto”, explica o senador Elmano Férrer (Progressistas/PI), que destinou R$ 47 milhões – a maior parte dos recursos - para a viabilização da duplicação.

Nesta segunda-feira (21), Elmano Férrer voltou a visitar o canteiro de obras da BR-316, desta vez na companhia do senador Ciro Nogueira, presidente Nacional do Progressistas, e do superintendente do Dnit/PI, Ribamar Bastos. Eles celebram o avanço acelerado da obra federal de duplicação. “O prazo para conclusão do projeto é o segundo semestre de 2022, mas a duplicação deve ser finalizada em fevereiro do mesmo ano, seis meses antes do previsto. Uma demonstração de bom planejamento e do respeito à coisa pública”, avalia Elmano.

Esta parte do projeto, em fase de conclusão, começa após o trecho sob responsabilidade do governo estadual e se estende por 5 quilômetros no sentido de Demerval Lobão. “A execução do trecho restante segue avançando de forma célere, de acordo com o compromisso que a gente assumiu. Como parlamentar, tenho priorizado as grandes obras de infraestrutura que vão favorecer o desenvolvimento do nosso estado. E a duplicação da BR-316 se insere neste contexto”, sentencia Elmano.

Obras federal e estadual

Neste momento, estão sendo executadas duas importantes obras de duplicação na BR-316, entre Teresina e Demerval Lobão. Uma delas, a do governo federal, que é viabilizada por Elmano Férrer, começa no km13 da rodovia e segue até a sede do município de Demerval Lobão. A obra federal conta com R$ 73 milhões em investimentos da União e prevê 20,16 km de extensão. Já o trecho estadual, com 8,48km, foi iniciado em 2013, ainda na gestão do governador Wilson Martins. A parte estadual está orçada em R$ 66 milhões, recursos que são oriundos de empréstimos contraídos pelo estado do Piauí.

Fonte: Assessoria parlamentar

Dê sua opinião: