Senado

Senado decreta luto pela morte do senador José Maranhão; parlamentares lamentam

O parlamentar, que já havia sido governador do estado da Paraíba por 3 mandatos, era o senador mais velho da atual legislatura

Senador José Maranhão (MDB), participando de sessões remotas no Senado durante a Pandemia

Senador José Maranhão (MDB), participando de sessões remotas no Senado durante a Pandemia Foto: Reprodução/Sendo Federal

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, decretou luto oficial de 24 horas na Casa pela morte do senador paraibano José Maranhão (MDB), 87 anos, ocorrida nesta segunda-feira (8) em decorrência de complicações da covid-19. O senador estava internado desde 29 de novembro e seu corpo será levado para sua terra natal, Araruna, na Paraíba, onde será enterrado. Com o luto oficial, foi cancelada a sessão deliberativa prevista para esta terça-feira (9). Ficam mantidas apenas as reuniões internas, como a de lideranças partidárias.

Em suas redes sociais,  diversos parlamentares lamentaram a morte do colega. O senador Marcelo Castro, presidente do MDB no Piauí, mesmo partido no qual José Maranhão era filiado, lamentou o falecimento do senador paraibano, vítima das complicações da Covid-19.

"Recebi com muito pesar a notícia do falecimento do nosso querido senador José Maranhão, mais uma vítima de complicações da Covid-19. Um parlamentar com um histórico ímpar, nome especial do nosso MDB, grande defensor de um Congresso independente e dos ritos democráticos. Trabalhou incansavelmente para que todos tivessem direitos básicos garantidos, principalmente na sua terra, o estado da Paraíba. Maranhão não será esquecido, pois seu legado permanecerá. Meus mais sinceros sentimentos aos familiares, amigos, e a todos que lhe tinham carinho e admiração.

O senador Ciro Nogueira, presidente nacional do partido Progressistas lamentou o falecimento do senador. "Acabo de saber que o querido companheiro senador José Maranhão faleceu nesta noite em virtude das complicações causadas pela COVID-19, após mais de 70 dias hospitalizado. Sempre me lembrarei com carinho das muitas lições que aprendi ao seu lado nesses anos no Senado Federal. O povo da Paraíba perde um senador dedicado e atuante, empenhado na luta pelo seu estado, e nosso país perde um grande líder político. Meus sentimentos à família", disse em publicação.

O senador Elmano Férrer (Progressistas), que agora se torna o senador mais velho em exercício da atual legislatura, também lamentou a morte de José Maranhão. "Com profundo pesar, recebi a notícia do falecimento do senador José Maranhão (MDB), vítima das complicações da COVID-19. Meus sentimentos a toda família e aos paraibanos. Fica entre nós, a grande história na política do colega senador, que também foi governador da Paraíba por três vezes, vice-governador, deputado Constituinte, deputado federal e deputado estadual".

Fonte: Senado Federal/Redes Sociais

Dê sua opinião: