Senado

Eduardo Pazuelo explicará ações de combate à pandemia para tentar barrar CPI da Covid

Bancada de oposição já possui votos suficientes para a instalação da CPI da Covid-19, para investigar as ações do Ministro da Saúde no combate à pandemia no país

Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello

Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello Foto: Reprodução

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, confirmou a sessão de debates temáticos, para esta quinta-feira (11), às 15h, com a presença do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.  O ministro da Saúde foi convidado por senadores para explicar as dificuldades que o país tem enfrentado para agilizar a imunização da população contra a covid-19 e indicar quais medidas estão sendo adotadas pela pasta para promover a vacinação em todo o país.

No senado federal a bancada de  oposição já conta com número suficiente de assinaturas para a instalação da CPI da Covid-19, mas depende do aval do presidente do Senado para abrir as investigações. Rodrigo Pacheco (DEM-MG), presidente da casa, adiantou que o desempenho do ministro na audiência será decisivo para a instalação da CPI.

A senadora Rose de Freitas (MDB-ES) fez um requerimento que previa a convocação de Pazuello, o que obrigaria a participação do ministro. No entanto, após apelo do líder do governo, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), Rose substituiu a convocação por convite.

"[...] Embora não seja essa minha vontade diante da frieza, diante da ineficácia, diante da falta de destreza na administração do conflito que esse país está vivendo",disse a senadora em entrevista à Rádio Senado.

Dê sua opinião: