Senado

Senador pede que TCE e Alepi investiguem subconcessão da água e esgotos no Piauí

Ciro Nogueira citou uma operação em Alagoas que rendeu 12 vezes mais que os valores obtidos no Piauí

Senador Ciro Nogueira (PP-PI)

Senador Ciro Nogueira (PP-PI) Foto: Assessoria parlamentar

O senador Ciro Nogueira (Progressistas) voltou a criticar a gestão do governador Wellington Dias, citando a subconcessão do sistema de abastecimento de água e esgotos do Piauí. Conforme Ciro, o estado de Alagoas acaba de concluir um processo bem sucedido de privatização do sistema de água e esgoto da região metropolitana de Maceió, operação que gerou uma renda de  R$ 2 bilhões aos cofres públicos do estado de Alagoas, 12 vezes mais que os valores obtidos pelo Piauí em operação semelhante.

“Alagoas fez com grande êxito, o que no Piauí foi feito sem método e sem esforço para favorecer o nosso estado. Para vocês terem uma ideia, em Alagoas, a outorga do sistema de água e esgoto renderá R$  2 000.000.000,00  (dois bilhões de reais) ao tesouro estadual. No Piauí, o mesmo processo resultou em muito menos, apenas R$ 162.000.000,00 (cento e sessenta e dois milhões), apenas”, lamentou o senador. 

O senador continua a denúncia: “O governo Wellington Dias praticamente deu o nosso sistema de água e esgoto para uma empresa privada", criticou. O parlamentar pede ainda que os órgãos de regulação do estado do Piauí, como o Tribunal de Contas do Estado (TCE) bem como a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) investiguem a operação. 

“Quando eu digo que o atual governo do Piauí está levando o nosso estado para trás, é de coisas como essa que eu falo. Não podemos mais conviver com tanta incompetência na gerência dos nossos interesses públicos de todos os piauienses”, finalizou o senador. 


Fonte: Assessoria parlamentar

Dê sua opinião: