Poderes

Procura por empréstimo consignado aumentou 250% nos últimos meses

Os contratos aumentaram tanto nas instituições tradicionais quanto nas empresas on-line

Dinheiro

Dinheiro Foto: Reprodução

Cerca de 32% das procuras feitas para solicitar empréstimos indicam a quitação de dívidas como o principal motivo, isto é, procuram empréstimos com juros e encargos menores aos das dívidas que atualmente possuem. 18% solicitam capital para investir no negócio e 16% para fazer reformas ou ampliações de imóveis.

A procura aumentou tanto nas instituições tradicionais quanto nas empresas que oferecem seus serviços de forma on-line. No caso das plataformas digitais que oferecem empréstimos, o maior aumento registrado foi de 250% na procura de empréstimo por solicitantes que já estão negativados ou que possuem dívidas.

Entre as várias alternativas de empréstimo disponíveis no mercado, o crédito consignado continua sendo o preferido. A procura por esta modalidade aumentou 110% nos últimos meses. Para encontrar os empréstimos pessoais mais convenientes os solicitantes fazem uma busca e algumas simulações. Os correntistas procuram primeiro em sua instituição financeira, porque, em geral, quando há um bom histórico com o cliente, o banco oferece boas condições. No entanto, as fintechs e as novas instituições estão inovando no setor e oferecendo ótimas condições de contratação e mais facilidades para liberar empréstimos que podem ser mais convenientes para o cliente.

Ao realizar as comparações é possível ver que as taxas de juros são mais baratas se compararmos com outras opções de crédito, como o empréstimo pessoal, o cartão de crédito ou o cheque especial. Além disso, os consignados possuem novas facilidades para a contratação, por exemplo o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) recentemente anunciou a possibilidade do uso de assinaturas eletrônicas para validar empréstimos consignados para aposentados.

Iniciativas neste sentido podem ser muito favoráveis para a contratação de empréstimos. No entanto, também aumentaram 116% as reclamações recebidas pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). As principais queixas recebidas pelo instituto são por operações não autorizadas, por cobranças ou descontos indevidos e por vazamento de informações pessoais.

Vale a pena fazer um empréstimo consignado?

O crédito consignado é uma modalidade de empréstimos específica para quem recebe benefícios permanentes do INSS, militares, servidores públicos ou funcionários de empresas privadas com carteira assinada. A análise de crédito, em geral, não considera se o cliente possui dívidas anteriores ou está negativado, basta ter margem e a aprovação do empregador para ter o dinheiro solicitado na conta.

O fato de ter taxas de juros mais econômicas do que outras modalidades de crédito é possível porque está vinculado ao salário do trabalhador. Isto é, as parcelas são descontadas antes que a renda seja depositada na sua conta.

Isto que por um lado é favorável para o cliente, pode se tornar um grande problema se não for levado em conta algumas considerações. Por um lado, a diminuição da renda mensal pode ocasionar problemas no orçamento familiar. De acordo com as normativas é possível comprometer em um empréstimo deste tipo até 40% do salário, isto é, uma pessoa que ganha R$ 1.700, ao comprometer esse percentual, começa a receber apenas R$ 1.020. Com esse valor deve cobrir todos os gastos de alimentação, transporte, roupas e outros. Antes de fazer um empréstimo é fundamental analisar o custo de vida e o impacto das parcelas no dia a dia.

Também pode se tornar um problema a renovação do empréstimo. Em muitos casos as instituições financeiras fazem renovações quase automáticas deste tipo de empréstimo, oferecendo um pouco mais de dinheiro pela operação (esse valor corresponde à margem já liberada pelo pagamento feito até o momento) e atualizando o contrato, com isso o solicitante continua sempre pagando a mesma quantia, sem poder terminar com sua dívida e com riscos de um superendividamento.

O imediatismo e em alguns casos a falta de educação financeira dos solicitantes fazem com que a situação se complique e as dívidas aumentem. Além disso, é preciso estar atento às fraudes, pois esta modalidade de crédito é a mais exposta e os criminosos atuam de diversas formas.

Como tudo, os empréstimos consignados tem suas vantagens e também suas desvantagens, é necessário analisar cada situação especificamente considerando o impacto das parcelas no orçamento.

As recomendações para quem está pensando em fazer um empréstimo

Depois de verificar a necessidade de fazer um empréstimo e analisar as diferentes opções é preciso escolher o melhor crédito, pessoal ou consignado. Em primeiro lugar é preciso verificar os dados da instituição financeira, se está autorizada para oferecer empréstimos e também pesquisar qual reputação tem. Através de uma busca pela internet você poderá conhecer a opinião e a experiência de alguns clientes.

Tenha cuidado com as ofertas de crédito recebidas por e-mails e mensagens sem que você tenha solicitado, porque são os meios favoritos para efetuar golpes.

Se tomar a decisão de contratar um empréstimo de forma on-line, verifique a segurança que o site oferece para realizar a operação e evite dar seus dados pessoais e senhas de cartão de crédito ou do banco. Lembre-se que está proibido exigir pagamentos antecipados, se você receber uma proposta assim, evite.

Depois de fazer a contratação, guarde o contrato e os comprovantes que receber e revise sempre a folha de pagamento ou do benefício para verificar que os descontos estejam sendo feitos corretamente.

Fonte: Redação

Dê sua opinião: