Poderes

PMT lança "Campanha Somos" de combate à violência contra as mulheres em Teresina

Abertura será às 9h desta quinta-feira (15) na Câmara Municipal de Teresina

O

O "X" na palma da mão [com o baton] é o código denunciar que a mulher está sendo ameaçada ou vítima de violência Foto: Reprodução

Os números de violências contra as mulheres no contexto da pandemia de Covid-19 aumentaram consideravelmente. Somente nos últimos meses, houve oito vítimas de feminicídio. Em razão desses números, a Prefeitura de Teresina através da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) realiza a “Campanha Somos” – Todos Pelo Fim das Violências Contra às Mulheres.

A atividade visa a promoção do acesso à informação acerca do que são e como se dão as violências contra as mulheres. Ao longo da programação dos 21 Dias de Ativismo pelas Mulheres, a prefeitura vai divulgar a rede de enfrentamento e canais de denúncia existentes em Teresina de acolhimento à mulher em situação de violência.

O foco da campanha é buscar mulheres teresinenses, contemplando sua pluralidade de raça e etnia, classe social, identidade de gênero e sexual, orientação sexual e geração. De acordo com a secretária Karla Berger, será um momento de chamar a atenção da cidade pelo engajamento de todas e todos pelo fim das violências.

"Esperamos com esta campanha buscar comunicar e alcançar todas as zonas da cidade, incluindo as comunidades da zona rural para que as mulheres em situação de violência de gênero possam procurar os serviços da SMPM e todos os órgãos judiciais e de apoio às vítimas de violência”, declarou a secretária.

A solenidade de abertura vai acontecer no Salão Nobre da Câmara Municipal de Vereadores de Teresina, às 9h, nesta quinta-feira (15). O Prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, estará presente na abertura da Campanha Somos.

Caixa aprova licitação para Casa da Mulher Brasileira em Teresina

A Superintendência da Caixa Econômica no Piauí autorizou a licitação que permitirá a construção da sede da Casa da Mulher Brasileira em Teresina. A implementação do espaço será realizada pela Prefeitura Municipal por meio de ações integradas da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro, Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) e Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan).

Segundo o superintendente Roncalli Filho, o terreno que logo dará espaço ao novo prédio já foi escolhido. Se trata de um espaço localizado na Avenida Roraima, no bairro Primavera.

O superintendente ressaltou a importância da Casa da Mulher Brasileira, que é responsável pelo atendimento e apoio para mulheres em situação de violência doméstica. A implementação do local em Teresina contará com investimentos de R$ 5,9 milhões.

“É uma vitória para a Prefeitura de Teresina que vai atender as mulheres que enfrentam esse tipo de violência na nossa cidade. Já estamos juntando toda a documentação para a licitação para agilizar isso o mais rápido possível”, declarou.

Fonte: PMT

Dê sua opinião: