Municípios

Irmão de vereador é morto a tiros durante abordagem policial

Rodrigo Amorim teria sacado uma pistola, que travou no momento do disparo

Rodrigo Ivis de Amorim, de 37 anos. foi morto pela PM-PI

Rodrigo Ivis de Amorim, de 37 anos. foi morto pela PM-PI Foto: Divulgação/PM-PI

Rodrigo Ivis de Amorim, de 37 anos,  irmão do vereador Juscelino Val (PL), foi morto no começo da manhã desta segunda-feira (27),  durante uma abordagem policial no município de Buriti dos Lopes, a 281 quilômetros de Teresina. oximidades de um posto de combustível.

A capitã Ruthinéia Santos, do 2º Batalhão da Polícia Militar, contou que a PM foi chamada ao local após denúncia de perturbação do sossego público. “Lá estariam cinco indivíduos, três homens e duas mulheres, com o som do carro ligado e eles foram advertidos. Quando eles foram advertidos pela polícia, um deles saiu correndo e quando ele chegou, aproximadamente a 30 metros da guarnição, ele se virou e sacou a arma dele e a polícia revidou”,  acrescentou a capitã Ruthinéia Santos.
O comandante do Grupamento da Polícia Militar de Buriti dos Lopes, tenente A. Rodrigues, revelou que Rodrigo Amorim já tem passagens pela polícia por outros crimes como tráfico, resistência à prisão e porte de arma.

Rodrigo  estava armada com uma pistola, que travou no momento do disparo. A munição da arma de Rodigo Ivis fico presa e ele homem não conseguiu efetuar os disparos contra a polícia.
“A munição da arma dele estava enganchada e por essa razão ele não conseguiu atirar no PM. Quando ele sacou a arma, o PM já foi se defender e por essa razão aconteceu o óbito”, explicou o comandante.

Além da pistola carregada, Rodrigo Amorim carregava munições extras, trouxas de maconha e dinheiro.  Equipe do Instituto Médico Legal (IML) foi acionada e fez a remoção do corpo.

Familiares de Rodrigo Amorim negam que ele tenha reagido à abordagem policial, que a morte dele poderia ter sido evitada.

Fonte: PM-PI

Dê sua opinião: