Poderes

Vigilância Sanitária flagra muita gente sem máscara, mesas próximas e aglomerações

Aglomerações foram flagrados pelos agentes da Vigilância Sanitária e pela PM em Teresina

Muita aglomeração foi flagrada pelos agentes da Vigilância Sanitária e pela PM-PI

Muita aglomeração foi flagrada pelos agentes da Vigilância Sanitária e pela PM-PI Foto: Divulgação/PM-PI

A fiscalização da Vigilância Sanitária, com apoio da Polícia Militar do Piauí fiscalizou 42 estabelecimentos na noite de sexta-feira (14) no primeiro final de semana com bares e restaurantes abertos até 23h. Desses locais, dois foram autuados e um sofreu notificação por descumprimento às medidas sanitárias.

A falta do uso de máscara, o distanciamento inferior a 1,5 metros entre as mesas e muita aglomeração foram flagrados pelos agentes da Vigilância Sanitária.

“Foram realizadas fiscalizações em todos os tipos de estabelecimentos comerciais como bares, restaurantes, buffets, trailers, choperias, entre outros, em apoio às vigilâncias sanitárias estadual e municipal nas zonas Norte, Leste, Sul e Sudeste de Teresina. Cada viatura policial acompanhou uma equipe da vigilância sanitária, e os resultados dessa fiscalização foram, em muitos locais, a constatação de bares e restaurantes com música mecânica, instrumental e ao vivo com pessoas aglomeradas e sem uso de máscaras de proteção individual, algumas vezes estabelecimentos reincidentes nessas práticas”,  adiantou o major-PM Fredson, que comandou a operação na noite de ontem.

A fiscalização prossegue neste final de semana, encerrando apenas às 5h de segunda-feira (17).

No domingo (16), só serão permitidas as atividades consideradas essenciais:

– mercearias, mercadinhos, mercados, supermercados, hipermercados, padarias e produtos alimentícios;

– farmácias, drogarias, produtos sanitários e de limpeza;

– oficinas mecânicas e borracharias;

– lojas de conveniência e serviços de alimentação situadas em rodovias, estaduais e federais, exclusivamente para atendimento de pessoas em trânsito (viajantes);

– postos revendedores de combustíveis e distribuidoras de gás;

– hotéis, com atendimento exclusivo dos hóspedes;

– distribuidoras e transportadoras;

– serviços de segurança pública e vigilância;

– serviços de alimentação preparada e bebidas exclusivamente para sistema de delivery ou drive-thru;

– serviços de telecomunicação, processamento de dados, call center e imprensa;

– serviços de saúde, respeitadas as normas expedidas pela Secretaria de Saúde do Estado do Piauí;

– serviços de saneamento básico, transporte de passageiros, energia elétrica e funerários;

– agricultura, pecuária, extrativismo e indústria;

– templos, igrejas, centros espíritas e terreiros com atividades religiosas presenciais com público limitado a 25% da capacidade, não podendo haver mais de uma celebração diária, nem podendo a celebração diária ultrapassar duas horas de duração.

Fonte: PM-PI

Dê sua opinião: