Poderes

Vigilância Sanitária aplicou 57 penalidades durante Semana Santa

Das 57 penalidades, 13 foram autos de infração em estabelecimentos comerciais que atuaram de forma irregular no período de 29 de março a 4 de abril

Vigilância Sanitária de Teresina aplicou 57 penalidades durante Semana Santa

Vigilância Sanitária de Teresina aplicou 57 penalidades durante Semana Santa Foto: Reprodução

A Gerência de Vigilância Sanitária (Gevisa) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) aplicou 57 penalizações, sendo 44 notificações e 13 autos de infração em estabelecimentos comerciais no período de 29 de março a 4 de abril.

O monitoramento é feito rotineiramente com o apoio da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal para verificação do cumprimento do Decreto com medidas mais restritivas nesse período.

A Gevisa atua em cerca de 200 estabelecimentos por noite e 1.000 estabelecimentos por final de semana, já que em dias de lockdown a fiscalização não é exclusiva em serviços essenciais, como também em estabelecimentos que estão obedecendo o Decreto e os não essenciais que insistem em desobedecer.

A gerente de Vigilância Sanitária, Larisse Portela, informa que o monitoramento ocorre em todas as zonas de Teresina.

“Os tipos de estabelecimentos considerados não essenciais mais frequentemente encontrados abertos durante as vistorias são: lojas de material de construção, salões de beleza e barbearias, lojas de manutenção e acessórios de aparelhos de celular, oficinas de refrigeração e comércio de variedades. Também encontramos bares e restaurantes fazendo atendimento presencial em dias de lockdown”, disse a gerente de Vigilância Sanitária.

Ela destaca e agradece o apoio da população que tem denunciado os estabelecimentos que descumprem o decreto. A Gevisa disponibiliza os fones 3215 9102 e 3215 9115 para a população fazer denúncias.

Dê sua opinião: