Poderes

Equipes da PMT discutem projeto de Resíduos Sólidos com a Caixa Econômica Federal

A equipe ta Secretaria Municipal de Concessões e Parcerias de Teresina também participou do encontro, celebrado nesta segunda-feira (11)

SEMPLAN se reúne com equipe da Caixa Econômica Federal  para discutir projeto de Resíduos Sólidos

SEMPLAN se reúne com equipe da Caixa Econômica Federal para discutir projeto de Resíduos Sólidos Foto: Semplan

A Secretaria de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN) esteve em reunião nesta segunda-feira (11), com a equipe local da Caixa Econômica Federal e Secretaria Municipal de Concessões e Parcerias de Teresina, para discutir a concessão para o projeto de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU). Além disso, participaram do encontro, de forma online, equipe da Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (SPPI), do Governo Federal.

O projeto tem o objetivo de promover a sustentabilidade ambiental e social na cidade, com serviços básicos integrados de saneamento básico e incentivo a atividades de geração de emprego como a reciclagem. “Teresina tem sido modelo na estruturação de parcerias no Brasil e o Projeto de Resíduos Sólidos é bastante emblemático. Temos a perspectiva de continuidade nesse projeto que é robusto, na ordem de 1,9 bilhão e com previsão de 30 anos”, afirma Wesley Callegari, secretário de Fomento e Apoio a Parcerias entre Entes Federativos.

Sendo destaque em firmar Parcerias, a Prefeitura de Teresina tem desenvolvido um caminho cada vez mais atencioso com o bem-estar da população. “Os projetos possuem uma técnica excepcional e com certeza está em uma gestão que tem total interesse em cumpri-lo. Dr. Pessoa tem reforçado isso nesse início de mandato e a ideia é prosseguir com ações que venham a somar com o município. Teresina tem muitas carências e essa é uma delas, a coleta de resíduos. O projeto vem atender essa demanda que não é recente”, ressalta João Henrique Sousa, secretário de Planejamento e Coordenação.

O projeto contempla a prestação dos serviços de manejo de resíduos sólidos urbanos, incluindo as atividades de coleta, transbordo, transporte, tratamento, destinação ambientalmente adequada dos resíduos e disposição final dos rejeitos da cidade.

“Nesse momento, estamos retomando a discussão da chamada pública dessa concessão, que vai trazer um maior investimento ao município, resolvendo a questão de saneamento e saúde. É um trabalho desenvolvido há dois anos com a equipe técnica de planejamento, com o apoio do Banco Mundial, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD)”, afirma Marcelo Diniz, gerente de Governo da Caixa.

A iniciativa para concessão do manejo de Resíduos Sólidos Urbanos de Teresina é um dos quatro projetos pilotos selecionados para receber apoio técnico e financeiro do Fundo de Apoio à Estruturação e ao Desenvolvimento de Projetos de Concessão e Parcerias Público-Privadas (FEP) neste setor.

Fonte: PMT

Dê sua opinião: