População se arrisca em filas enormes para receber cesta básica em Parnaíba

Mais de 2 mil pessoas ficaram expostas à contaminação pelo coronavírus (Covid-19)

Idosos, crianças e grávidas nas filas para receber alimentos

Idosos, crianças e grávidas nas filas para receber alimentos Foto: Portal Piauíemdia.com

Depois que o prefeito Mão Santa assinou, na quinta-feira (26), um decreto determinando a reabertura do comércio em Parnaíba - decreto esse revogado pela Justiça -, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, decidiu também ignorar a recomendação do Governo do Estado e da Organização Mundial da Saúde para o isolamento social no Piauí. 

A população do município de Parnaíba continua nas ruas, expostas à contaminação pelo coronavírus (Covid-19). Nesta quinta-feira (3), pelo menos 2 mil pessoas formaram fila quilométrica na porta da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania para receber uma “cesta básica”, que incluía biscoito e macarrão.

A secretaria descumpriu o decreto do governador do Piauí, Wellington Dias, determinando o fechamento de todos os estabelecimentos comerciais, industriais e de prestação de serviço, exceto os chamados serviços essenciais, e recomendando às pessoas que fiquem em casa.

“A prefeitura não divulgou nada, entregas estavam sendo feitas em bairros e somente para os (moradores) em estado de maior vulnerabilidade, para não ter aglomeração, mas a população está desesperada mesmo, são carentes e estão passando necessidades, fome. A cidade é muito carente e a maioria são autônomos, ambulantes, pessoas que só tem o dinheiro no dia que trabalha. Nenhum município sozinho consegue manter a população em casa e abastecida. Isolamento social com fome nunca existirá na prática, o governador em nada tem ajudado nenhum município. Fica cada vez mais difícil a situação na cidade”, a secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, Adalgisa Moraes Souza, mulher do prefeito Mão Santa.  

“Já foram atendidas mais de 600 pessoas e a fila só aumenta. A dificuldade financeira é enorme. Nenhuma prefeitura sozinha tem condições de conseguir isolamento social com uma população quase toda com fome. Quem tanto crítica deveria ajudar doando alimentos pois ontem já foi uma pressão da população na SEDESC e hoje pelo visto será bem maior. Quem pensa que isolar as pessoas seja fácil ajude a resolver também”, apelou a primeira-dama.

Adalgisa Moraes Souza disse que a secretaria colocou uma pessoa para organizar a fila, mas as pessoas não obedeciam a ordem para ficarem distantes uma das outras. A PM foi chamada para resolver pequenas confusões na fila, o que só acabou quando a distribuição dos alimentos foi encerrada.

As pessoas aglomeradas na fila para receber cestas básicas distribuídas pela prefeitura de Parnaíba
Fotos: Portal Piauí em dia

Fonte: Piauí em dia/Jornal de Parnaíba/Redação

Dê sua opinião: