Poderes

Candidatos suspendem campanha em 14 municípios após aumento das mortes por Covid-19

A campanha eleitoral foi suspensa por conta do aumento das mortes e dos novos casos de Covid-19 no Piauí

Covid-19 suspende campanha no Piauí

Covid-19 suspende campanha no Piauí Foto: Montagem/Paulo Pincel

Os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador dos municípios de Bonfim do Piauí, Capitão Gervásio Oliveira, Coronel José Dias, Cristino Castro, Dirceu Arcoverde, Dom Inocêncio, Fartura do Piauí, Nova Santa Rita, Pedro Laurentino, Santo Antônio de Lisboa, São Braz do Piauí, São Lourenço do Piauí, São Raimundo Nonato e Várzea Branca decidiram suspender a campanha eleitoral por conta do aumento considerável de mortos e infectados pelo novo coronavírus (Covid-19).

A decisão foi acordada entre o Ministério Público, partidos políticos, coligações e a Ordem dos Advogados do Brasil, secção Piauí (OAB-PI).

Os atos de carreatas, passeatas, reuniões, adesivadas e motocadas estavam gerando aglomerações de pessoas. E em muitas desses eventos não haviam preocupações em adotar medidas higienicossanitárias de prevenção a Covid-19.

Nos onze municípios, até o momento, está acertado que os candidatos a prefeito e a vereadores não podem realizar passeatas, carreatas e comícios.

Nesta sexta-feira (16), em São Raimundo Nonato foi realizada uma reunião entre representantes do Ministério Público do Piauí, os promotores de Justiça Leonardo Dantas Cerqueira Monteiro e Lúcia Rocha Cavalcante Macêdo; juiz eleitoral da 13ª Zona Eleitoral Carlos Alberto Bezerra Chagas; dos partidos políticos de nove municípios, e; da área da saúde, onde foi acordado que estão suspensas atos das campanhas políticas até o dia 5 de novembro.

“Após deliberações, os presentes anuíram com a proposta de suspensão imediata dos atos que causam aglomeração (carreatas, passeatas e comícios), com prazo de 20 (vinte) dias  - 16/10/2020 até 05/11/2020 -, período ao final do qual será realizada nova reunião com os partidos e coligações”, foi o acordado pelos presentes na reunião realizada no Centro Diocesano de São Raimundo Nonato.

O crescimento dos casos e óbitos ocorridos pela Covid-19 está preocupando as autoridades. Em São Raimundo Nonato, por exemplo, os leitos de UTI estão 100% lotados.

Os municípios de Santo Antônio de Lisboa e Cristino Castro foram os primeiros a firmarem a suspensão das campanhas eleitorais para evitar o crescimento da Covid-19.

Mais cidades suspendem campanha

A Promotoria de Justiça Eleitoral da 69ª Zona e os candidatos às eleições majoritárias dos municípios de Nova Santa Rita, Pedro Laurentino e Capitão Gervásio Oliveira, realizaram, na tarde de sexta-feira (16), reuniões que resultaram na celebração de Termo de Ajuste de Conduta, para suspender atos de campanha coletivos, como comícios, carreatas, caminhadas e reuniões agendadas pelos candidatos até o dia 30 de outubro de 2020.

Cientes da situação que se agrava no crescimento do número de casos de Covid-19 e preocupados com o bem-estar da população de seus municípios, os candidatos resolveram acordar com as cláusulas estabelecidas no Termo de Ajustamento de Conduta proposto pela Promotoria de Justiça da 69ª Zona Eleitoral.

O documento foi construído de forma coletiva pelos candidatos e o MP com foco no respeito e observância às questões sanitárias, contribuindo para que a situação do avanço da Covid-19 não venha a se agravar em nosso Estado. As reuniões foram realizadas por videoconferências. Os termos estão sendo redigidos para as assinaturas dos candidatos do compromisso firmado.

Confira o documento assinado pelos participantes da reunião em São Raimundo Nonato.


Fonte: Redação

Dê sua opinião: