Poderes

Morre de Covid o dono da rede de lojas Dinolândia, Flávio Germano

Flávio Germano estava há 20 dias internado na UTI de hospital particular em Teresina

Empresário Flávio Germano

Empresário Flávio Germano Foto: Reprodução

Faleceu neste domingo, vítima da Covid-19, o empresário Francisco Flávio Germano Magalhães, 71 anos, dono da rede de lojas Dinolândia, Flávio morreu na madrugada deste domingo (10) após complicações ocasionadas pela Covid-19, depois de 20 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular em Teresina. O paciente apresentava comorbidades e estava há 18 dias intubado.  

Dois filhos de Flávio Germano também estão internados em tratamento contra sintomas da Covid-19. "Os dois filhos dele estão internados, mas estava previsto para terem alta esse final de semana. Um deles não foi confirmado covid, ele estava lá porque começou a sentir alguns sintomas e se internou. Então, estava previsto que os dois saim esse final de semana", disse o irmão de Flávio Germano.  A esposa de Flávio Germano também foi diagnósticada com a Covid-19, mas permanece assintomática e em isolamento domiciliar. 

Foto: Assessoria de comunicação 

Familiares e amigos lamentaram o falecimento do empresário. “O Flávio foi uma pessoa que sempre ajudou todo mundo. Ajudou os irmãos e outras pessoas também. Ele sempre pensou mais nos outros do que nele. Ele partiu, mas vai ser recompensando por tudo de bom que ele deixou aqui”, lamentou o irmão. 

O Sindicato dos Lojistas do Piauí (Sindlojas)  também emitiu uma nota de pesar lamentando o falecimento do empresário:

É com profunda tristeza e consternação que comunicamos o falecimento do Senhor Flávio Germano Magalhães, diretor de nossa Entidade ocorrido no início desta manhã, domingo, 10 de Janeiro de 2021. O sepultamento será às 11:30h, no Cemitério da Ressurreição em Teresina-PI. 

A Dinolândia, rede de lojas criada por Flávio Germano utilizou as redes sociais para lamentar o falecimento do empresário: 

 

Além de empreendedor, Flávio Germano também atuou como gestor em grandes grupos empresariais do Piauí. Ele foi diretor administrativo da Guadalajara, empresa do grupo Claudino; e diretor administrativo da TV Clube, função que ocupou até abril de 2020. 

 

Fonte: Redação

Dê sua opinião: