Poderes

Luciano Nunes vê como "Natural" aliança entre Progressistas e PSDB em 2022

Segundo o líder tucano no Piauí, o partido também vai buscar eleger deputados federais e estaduais

Luciano Nunes presidente do diretório estadual do PSDB no Piauí

Luciano Nunes presidente do diretório estadual do PSDB no Piauí

O ex-deputado estadual e presidente do PSDB no Piauí, Luciano Nunes, afirmou em entrevista que o partido possui pretensões em participar da chapa majoritária para disputar o Governo do Estado que será encabeçada pelo partido Progressistas.

Durante  coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (26) o senador e presidente nacional do Progressistas, Ciro Nogueira, anunciou a pré-candidatura do partido ao governo em 2022. Apesar do anúncio, as alianças do partido com as demais legendas do estado ainda não estão concretizadas.

Para Luciano Nunes, além da pretensão em participar da chapa majoritária com o Progressistas, o PSDB também pretende eleger deputados federais e estaduais.

“O PSDB é um partido que tem tradição no Piauí por ser protagonista nas eleições estaduais. Vamos participar das conversas, o partido quer se fortalecer, eleger deputados estaduais e federais, quer participar da chapa majoritária”, disse Luciano Nunes;

Para Luciano, a aliança com o partido Progressistas em 2022, é algo natural. Em 2020, durante a eleição majoritária da capital, o PSDB teve como seu principal aliado na disputa o partido Progressistas, que indicou o vereador R. Silva na condição de vice candidato da chapa encabeçada pelo ex-secretário de Educação de Teresina, Kleber Montezuma, derrotado no segundo turno pelo agora prefeito de Teresina, Doutor Pessoa (MDB).

Atualmente o PSDB possui apenas um deputado estadual, Marden Menezes, que afirmou em recente entrevista que deve deixar a sigla em 2022, por não se sentir mais a vontade no partido. 



Dê sua opinião: