Firmino justifica a necessidade do isolamento social para barrar pandemia em Teresina

Prefeito de Teresina alerta sobre risco de colapso total na rede de saúde de Teresina

Prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB)

Prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB)

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) divulgou na noite desta terça-feira (24) um vídeo onde explica para a população teresinense sobre as medidas restritivas tomadas pela Prefeitura Municipal de Teresina  (PMT) para tentar conter a propagação da Covid-19 na capital. O prefeito também explica qual será a estratégia adotada pela administração municipal para conter a proliferação do vírus na cidade, evitando assim o colapso da rede pública de saúde.

“Teresina enfrenta agora o maior desafio de toda a sua história. As medidas restritivas que estamos tomando nos últimos dias tem uma grande razão: estamos correndo contra o tempo! Nesse vídeo, compartilho com vocês como a Prefeitura tem encarado a Pandemia do Novo Corona Vírus. Sei que podemos contar com cada um dos teresinenses que amam, defendem e sabem o valor de cada vida nessa cidade”,  explicou o prefeito.

“Por onde a doença passou deixou um rastro de desespero e morte. Mesmo em países de primeiro mundo, como a Itália, o colapso total do sistema de saúde tem provocado quase mil mortes todos os dias, isso é difícil de imaginar. Essa realidade já chegou ao Brasil. O sudeste já contabiliza mortes diárias e crescentes. São Paulo, a cidade mais rica do país, já começa a se preparar para uma guerra. O número de mortes vai aumentar consideravelmente nos próximos dias, nas próximas semanas, ninguém tem dúvidas disso”, alertou. 

“A nossa obrigação é fazer todo o possível para reduzir o dano dessa catástrofe. nesse momento precisamos ser, sobretudo, transparentes. Muita gente vai ser infectado, a grande maioria apresentará sintomas semelhantes a uma gripe ou resfriado, é verdade. Então você deve se perguntar, se a maioria das pessoas terão sintomas leves, porquê então fechar tudo? Porquê é a única coisa que podemos fazer para impedir centenas de mortes em Teresina e milhares de mortes no Estado do Piauí”, continua a explicação.

“Se 1% de 1000  pessoas infectadas precisarem de Unidade de Terapia Intensiva, serão apenas 10 pessoas. Se forem 10 mil infectados, serão 100 pessoas, mas se forem 100 mil pessoas infectadas, mil delas precisarão de UTI ao mesmo tempo, e assim, sucessivamente”, completa.

Prosseguindo com a explicação, Firmino apresenta dados explicativos para dar conta da situação de colapso enfrentada por outros países no enfrentamento da Covid-19. Na estratégia que deverá ser executada em Teresina, o gestor afirma que o plano é tentar evitar a sobrecarga do sistema de saúde. Considerando inevitável a grande quantidade de infectados pela doença ao longo dos próximos dias, o plano seria não sobrecarregar o sistema, evitando que muitas pessoas busquem ajuda do sistema de saúde em um mesmo espaço de tempo, o que colocaria em colapso o sistema de saúde.

“Muita gente precisando do atendimento em um espaço de tempo muito curto ultrapassando a capacidade do sistema, os hospitais entram em colapso total. Isso significa que não importa a situação crítica do paciente, nem se ele tem plano de saúde ou dinheiro, os hospitais não terão condições de atender e muita gente vai morrer. O que precisamos fazer agora é prolongar esse tempo. Se é inevitável que milhares de pessoas possam ser infectadas, isso precisa acontecer de forma gradativa, e não todo mundo ao mesmo tempo, como vem acontecendo em outros países. Assim, conforme as primeiras pessoas vão sendo curadas, vão se liberando para as outras e o sistema vai dando conta de cuidar de todos”. 

Firmino Filho volta a ressaltar que se você não faz parte de serviços essenciais, fique em casa. Caso você tenha conhecimento de algum estabelecimento que ainda continua funcionando, mesmo após determinação de fechamento pela Prefeitura de Teresina, denuncie.As denúncias podem ser feitas através dos canais disponibilizados pela Semcaspi, como os telefones 153 e o (86) 3215-9317. A população pode ainda entrar em contato diretamente com o whatsApp da Guarda Municipal, por meio do número (86) 99438-0254.

"Teresina nunca enfrentou problema parecido em toda a sua história. Nos gestores precisamos de coragem para tomarmos decisões duras e necessárias. Precisamos também do apoio da população para a preservação da vida. O isolamento social é a nossa única saída, as pessoas precisam ficar em casa, não tem outra solução. Se isso não acontecer, infelizmente precisaremos nos preparar para enterrar nossos pais, irmãos, amigos e até nossos filhos. Então fique em casa”, finalizou o prefeito Firmino Filho.

Confira a íntegra do vídeo do prefeito de Teresina:


Fonte: PMT

Dê sua opinião: