Prefeito considera manifestação um desrespeito aos mortos pela Covid-19

Manifestantes promoveram buzinaço na porta da casa do prefeito de Teresina

Prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB)

Prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) Foto: Ascom/PMT

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, manifestou repúdio à manifestação que aconteceu na noite deesta segunda-feira (1/6], em frente a casa dele na zona Leste da capital. UM grupo ocupando carros de luxos parou na frente da casa do prefeito e promoveu um buzinaço, com direito a xingamentos, carro de som, Hino Nacional e fogos de artifício.  

Comandados pelos mesmos empresários que há duas semanas pressionam o Estado e o município pela reabertura do comércio e de outras atividades consideradas não essenciais na capital, os manifestantes realizaram carreata e pararam na porta da casa do prefeito, onde promoveram o buzinaço, soltando fogos de artifícios, provocando pânico nos familiares de Firmino Filho e nos vizinhos, que ficaram apavorados com as explosões e com as agressões verbais contra o prefeito.


Reação

Na nota, divulgada pelo secretário municipal de Governo Fernando Said, Firmino Filho afirma que a manifestação, como foi realizada, foi um desrespeito ao espaço privado das famílias. Afirma ainda o prefeito que "protestos, críticas e divergências fazem parte da vida pública das pessoas, mas nada justifica esse tipo de atitude vil e covarde, especialmente em momentos como esse, em que quase 100 teresinenses e 30 mil brasileiros perderam suas vidas pra COVID-19".

Segundo a nota os responsáveis pelo movimento foram identificados e serão processados na Justiça.

Confira a Nota na íntegra:
"Nesses quase 30 anos de vida pública, já enfrentei muitos adversários. Mas nunca, nunca, nenhum chegou ao ponto de agredir meu lar e minha família como acabou de acontecer em frente a minha casa.
Um desrespeito não apenas à minha mulher e aos meus filhos, mas também aos meus vizinhos, que há décadas me conhecem e são testemunhas do respeito que sempre tive pelo espaço privado das famílias.
Protestos, críticas e divergências fazem parte da vida pública das pessoas, mas nada justifica esse tipo de atitude vil e covarde, especialmente em momentos como esse, em que quase 100 teresinenses e 30 mil brasileiros perderam suas vidas pra COVID-19.
Os responsáveis por essa ação criminosa já foram identificados e terão que responder na justiça. Aos teresinenses, fortaleço ainda mais minha missão de lutar por cada vida nessa cidade. Vamos vencer juntos. E com honra.

Firmino Filho"

Líder do prefeito repudia
 
A vereadora Graça Amorim (PP) também divulgou notra repudiando o ato criminoso contra o prefeito Firmino Filho e sua família:

"Venho aqui expressar o meu repúdio ao ato desrespeitoso e agressivo que aconteceu no final da tarde de hoje, em frente à casa do prefeito Firmino Filho. Em um momento em que o Piauí registra recorde de novos casos e muitas mortes, uma ação orquestrada, motivada por interesses escusos, vem tentar intimidar o prefeito, que há meses luta para salvar vidas, agindo de acordo com a ciência e prerrogativas internacionais ditadas pela Organização Mundial de Saúde e estudiosos renomados da área da saúde. Palavrões e balbúrdia contra quem tem uma visão humanista de preservar a saúde de todos. O meu apoio e solidariedade ao prefeito que a cada dia prova se importar mais com a vida do que com a ganância. 
Vereadora Graça Amorim.

Dê sua opinião: