Poderes

Dr. Pessoa inclui professores, guardas municipais e jornalistas como prioritários

O cronograma de vacinação desses profissionais será anunciado pela Fundação Municipal de Saúde

Prefeito de Teresina, José Pessoa Leal, o

Prefeito de Teresina, José Pessoa Leal, o "Dr. Pessoa" Foto: PMT

A Prefeitura de Teresina vai incluir professores, agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) e jornalistas no grupo prioritário de vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19). A medida foi anunciada nesta segunda-feira (5) pelo prefeito José Pessoa Leal, o "Dr. Pessoa".

"Estamos com um decreto e os guardas municipais, professores, alunos em ordem decrescentes e jornalistas  serão vacinados. Nos casos dos jornalistas, são aqueles de rua e assessores. Só domingo morreram dois jornalistas. É um direito porque os jornalistas estão em todos lugares buscando o fato", disse.

Dr. Pessoa aguarda a compra de vacinas pelo consórcio de prefeitos. "A compra de vacina depende do governo federal. Há dias entrei em contato com o governador e tínhamos no pensamento vacinar todo o povo de Teresina. Isso encontra-se travado em nível nacional. A prefeitura tem tanta credibilidade que o Banco do Brasil vai nos ajudar. Estamos em um consórcio nacional”, adiantou.

O gestor enfatiza que o objetivo é imunizar toda a população teresinenses mas, diante da escassez de vacinas disponibilizadas neste momento, é importante priorizar as categorias que seguem desenvolvendo suas atividades e, consequentemente, mais expostas ao vírus.

"Tive um fim de semana de reflexão. Estamos preparando um decreto que estabelece que guardas municipais serão vacinados com prioridade, professores serão vacinados com prioridade e jornalistas serão vacinados com prioridade", explicou o prefeito Dr. Pessoa.

O cronograma de vacinação desses profissionais será anunciado pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), que coordena a campanha de imunização na capital.

Fonte: PMT

Dê sua opinião: