Poderes

Detran-PI e Strans vão intensificar fiscalização para diminuir acidentes de trânsito

O Detran e a Strans assinaram um termo de cooperação para realizações de fiscalizações de trânsito

Reunião para assinatura do termo de cooperação técnica

Reunião para assinatura do termo de cooperação técnica Foto: Assessoria/Detran-PI

O diretor geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI), Garcias Guedes, junto ao Superintendente de Transporte e Trânsito de Teresina (Strans), Major Cláudio Pessoa, assinaram na manhã desta quarta-feira (9), um termo de cooperação técnica administrativa para realizações de fiscalizações de trânsito. Estiveram presentes durante a assinatura do termo o Procurador Geral do Detran-PI, Marciano Antônio, o assessor técnico jurídico da Strans, Luís Carlos Araújo, o diretor de operações e fiscalizações de trânsito da Strans, Ricardo Almeida, e a gerente de fiscalizações da Strans, Carla Tatiana.

Este termo possibilitará aos responsáveis pelas fiscalizações de cada órgão, formular uma parceria operacional durante as abordagens municipais e estaduais que acontecerão ao longo do ano, de forma exclusiva para que os dois órgãos possam compartilhar e aperfeiçoar melhorias acerca das fiscalizações, como a utilização de equipamentos de fiscalizações, uma melhor logística de operação durante as abordagens, entre outras atividades.

O diretor geral do Detran-PI, Garcias Guedes
Foto: Assessoria/Detran-PI

Garcias Guedes afirmou que a parceria possibilitará uma melhor abordagem dentro do perímetro urbano da capital no qual necessita de um auxílio mais técnico por parte da superintendência. “Vamos contribuir da melhor forma possível para que nosso trabalho e o trabalho da Strans seja efetivo em todos os âmbitos da fiscalização. Abordamos uma parceria para os próximos meses e certamente teremos os melhores resultados possíveis com esse convênio entre as partes”, afirmou Guedes.

Recentemente o Detran-PI, junto com a Strans, firmou um outro termo de cooperação no qual possibilitou aos órgãos o compartilhamento de dados, registros de ocorrências de acidentes de trânsito, com a finalidade de subsidiar os dados estatísticos do Registro Nacional de Estatísticas de Trânsito (RENAEST). Este termo está possibilitando aos responsáveis pelos setores de tecnologia da informação de cada órgão, informações quanto aos veículos automotores e condutores habilitados por parte do Detran-PI, bem como ao sistema de ocorrências policiais relativas a acidentes de trânsito, dados diversos do acidentado/envolvidos, do(s) veículo(s), e das condições em que o mesmo ocorreu.

Fonte: Detran-PI

Dê sua opinião: