Poderes

Bolsonaro é chamado de "genocida" ao entrar em avião da Azul em Vitória; Vídeos!

Presidente foi recebido com gritos de "genocida" e "fora Bolsonaro" pelos passageiros do voo

Passageira faz gesto obsceno para Bolsonaro em Vitória (ES)

Passageira faz gesto obsceno para Bolsonaro em Vitória (ES) Foto: Reprodução/Youtube

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, entrou de surpresa nesta sexta-feira (11) em um voo comercial no aeroporto de Vitória, no Espírito Santo, e foi recebido com gritos de "genocida" e "fora Bolsonaro". Após o episódio, o chefe do Executivo respondeu que, aqueles que são contra o governo, "deveriam estar de jegue viajando".

Bolsonaro entrou em um avião da Azul que seguiria para Campinas. Um vídeo gravado por uma passageira permite ouvir ao menos três pessoas aos gritos de "Fora, fora, fora Bolsonaro" e "genocida".

Veja o vídeo!
"Quem fala Fora Bolsonaro deveria estar de jegue viajando. [Quem fala] "Fora Bolsonaro" devia estar viajando de jegue, não de avião. Para ser solidário com o candidato deles", disse.

O vídeo foi publicado pelo canal Foco do Brasil na plataforma do Youtube e viralizou nas redes sociais .

Veja o vídeo postado por canal apoiador de Bolsonaro! 



Na entrada do avião, o presidente estava de máscara e tirou foto com alguns apoiadores. As manifestações contrárias, porém, aumentaram e ele saiu do voo.

Como foi

Jair Bolsonaro foi ao Espírito Santo nesta sexta para entregar um conjunto habitacional na cidade de São Mateus. Ele chegou à Vitória por volta das 10h. Quando saiu do aeroporto estava sem sem máscara.

Em visita a Vitória, no Espírito Santo, o presidente Jair Bolsonaro foi escrachado por passageiros ao aparecer de surpresa em um avião.

Sob vaias e gritos de “genocida”, ele cumprimentou tripulantes e alguns dos poucos bolsonaristas ali presentes.

Ao perceber que não era bem-vindo ali, Bolsonaro saiu de mansinho e deixou o avião, para a paz da maioria dos passageiros.


Nas redes sociais, políticos revelaram o motivo de Bolsonaro desistir de embarcar no voo para Brasília!


Fonte: Congresso em foco

Dê sua opinião: