Câmara Teresina

Vereadores de Teresina já remanejaram R$ 25 milhões no Orçamento para 2024

A expectativa é que o número de emendas e o montante de verbas remanejadas aumente ainda mais até o início da próxima semana

O presidente da Câmara Municipal de Teresina, vereador Enzo Samuel (PDT)

O presidente da Câmara Municipal de Teresina, vereador Enzo Samuel (PDT) Foto: Paulo Pincel

Até a manhã desta quarta-feira (13), os vereadores já tinham apresentado 20 emendas à Lei Orçamentária do Município de Teresina para 2024, o que representa um volume de recursos da ordem de R$ 25 milhões remanejados entre os órgãos da administração municipal, o que equivale a 0,45% do Orçamento de R$ 5 bilhões encaminhado à Câmara pelo prefeito Dr. Pessoa (Repúblicanos). 

A expectativa é que o número de emendas e o montante de verbas remanejadas aumente ainda mais até o início da próxima semana, quando a proposta orçamentária da Prefeitura de Teresina será colocada em votação no Plenário da Câmara, segundo previu o presidente Enzo Samuel (PDT).


“Tem que ter o equilíbrio em tudo que a gente faz na política, porque quem está na ponta é a população. Nesse sentido, a gente vê que tem alguns equívocos, alguns absurdos, inclusive naquilo que foi indicado como emenda para determinadas secretarias. Eu observo que se a gente prioriza saúde, educação e assistência social, eu acho que a gente já dá um grande passo para garantir que nós tenhamos o mínimo nessas políticas de assistência social, mais diretas, para que assim possa se trabalhar a questão dos investimentos", defendeu o vereador Deolindo Moura (PT).

Já foram propostas as seguintes alterações no texto original do Orçamento, encaminhado pelo prefeito:
   

  • R$ 5 milhões remanejados da Semduh, Semgov e Semplan para a SAAD Sudeste II (vereador Allan Brandão) 
  • R$ 3 milhões da SAAD Norte para a SAAD Sudeste I (Capitão Roberval)
  • R$ 2 milhões da Semcom e Semcaspi para a SAAD Leste (Evandro Hidd)
  • R$ 3.2 milhões da Semduh, SAAD Norte e Strans para a Semest (Graça Amorim) 
  • R$ 2 milhões da SAAD Centro para Semduh (Joaquim Caldas) 
  • R$ 3 milhões da Strans e Semduh para a Semest (Teresinha Medeiros)
Fonte: Redação

Dê sua opinião: