Câmara Teresina

Vereadores cobram mutirão de atendimento aos pacientes com autismo em Teresina

Audiência pública discutiu o tema nesta segunda-feira (9) na Câmara Municipal de Teresina

Audiência pública na Câmara Municipal de Teresina

Audiência pública na Câmara Municipal de Teresina Foto: Assessoria parlamentar

Após Audiência Pública realizada nesta segunda-feira (09), a Câmara Municipal de Teresina vai cobrar a otimização dos serviços da rede pública de saúde voltados aos pacientes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e outras deficiências.


Um dos problemas mais debatidos foi a questão do atendimento médico, em especial, do profissional especializado em neuropediatria.


“A proposta dessa audiência era ouvir as mães. São elas que lidam com os mais variados tipos de problemas no dia a dia. A principal demanda, sem dúvida, é a questão do atendimento médico. Foi pontuado que existem hoje quase 97 mil procedimentos médicos acumulados e, destes 97 mil, sete mil são só para neuropediatras. Vamos cobrar da Prefeitura a realização de um mutirão para que esse número alarmante diminua”, explicou o vereador Venâncio Cardoso (PSDB), proponente da audiência.


No total, foram feitos doze encaminhamentos, dentre eles, alguns ganham mais destaque pela urgência, sendo: diagnóstico precoce, criação urgente de mutirão de atendimento multidisciplinar, facilitação para laudos PCD, regulamentação dos AE’s (Acompanhamento Escolar), descentralização dos Centros de Tratamento e criação de Comissão Especial de Estudos na Câmara.


Ao final da Audiência Pública, o vereador Venâncio acordou com o vereador Luíz Lobão (MDB) uma articulação para criar uma Comissão Especial de Estudos ainda esta semana. A comissão, que teria tempo determinado de duração, seria responsável para acompanhar os procedimentos de acesso da pessoa com autismo aos serviços públicos de saúde em Teresina.

Fonte: Assessoria parlamentar

Dê sua opinião: