Câmara Teresina

Vereadora propõe Programa de Fisioterapia e Terapia Ocupacional para Idosos

O PL é uma proposição da vereadora Pollyanna Rocha (PV) e foi aprovado na Câmara Municipal de Teresina

Vereadora Pollyanna Rocha (PV)

Vereadora Pollyanna Rocha (PV) Foto: Facebook

O Projeto de Lei que institui o Programa de Fisioterapia e Terapia Ocupacional para Idosos no Município de Teresina foi aprovado em segunda votação na Sessão Plenária nesta terça-feira. O PL é uma proposição da vereadora Pollyanna Rocha (PV) e será direcionado a idosos com idade igual ou superior a 60 anos a fim de contribuir com medidas de prevenção de doenças, reabilitação e manutenção da saúde deste público.


Além da apresentação deste PL, Pollyanna Rocha tem uma Emenda Parlamentar no valor de R$ 150 mil para a recuperação da estrutura de Unidades Básicas de Saúde com serviços deficitários na área fisioterápica.

“A emenda ainda não foi executada, mas um Projeto Piloto baseado nela já está ajudando centenas de teresinenses que precisam do serviço. Aqueles que precisarem de assistência qualificada e exercícios terapêuticos principalmente neste cenário pandêmico, podem se dirigir ao Centro de Saúde Dr. Francílio Ribeiro de Almeida, no Bairro Angelim. Como parlamentar, é uma satisfação promover projetos e ações que auxiliam a nossa população”, informou a vereadora.

Segundo a vereadora Pollyanna Rocha, muitos pensam que a fisioterapia é voltada especificamente para a reabilitação após um acidente ou uma lesão. “Mas a verdade é que a fisioterapia pode ajudar pessoas de todas as idades, em diversas situações. Quando envelhecemos, por exemplo, nosso corpo passa por muitas mudanças. E para isso não tem solução mesmo. Mas os idosos tampouco precisam se conformar e aceitar as limitações e problemas que vêm com a idade.



Vereadora Pollyanna Rocha (PV)
Foto: Assessoria parlamentar

É por isso que a fisioterapia para idosos é altamente recomendada: ela ajuda a reduzir o impacto que o envelhecimento tem no bem-estar físico e, consequentemente, na vida em geral de muitas pessoas” explicou a parlamentar.

O programa deve proceder à assistência e a reabilitação da saúde do idoso, buscar o restabelecimento de condições de vida satisfatórias ao idoso após patologias que eventualmente se manifestem e promover ações de educação em saúde, considerando suas limitações e proporcionando a cada paciente um grau máximo de independência e autonomia, facilitando seu desempenho funcional em seu ambiente de trabalho, doméstico e de lazer.

“É de máxima importância que o programa busque profissionais especializados em fisioterapia e terapia ocupacional que deverão ser registrados no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional.Considerando a existência de um número expressivo de idosos em nosso Município, devido a isso se faz necessário o apoio do poder público e instituições públicas e privadas na área de saúde que desenvolvam programas de prevenção de doenças nessa população, bem como na reabilitação e manutenção de sua saúde”, destacou a vereadora.

Fonte: CMT

Dê sua opinião: