Vereador quer valorizar empresa de turismo que garanta higiene

Venâncio Cardoso apresentou projeto de lei que pretende dar um selo para empresa do Trade turístico

Venâncio Cardoso quer premiar empresas que valorizem a higiene no local de trabalho

Venâncio Cardoso quer premiar empresas que valorizem a higiene no local de trabalho

Um Projeto de Lei (PL) que visa criar um selo chamado “The Turismo x Covid19”, quer reconhecer empresas do trade turístico de Teresina como: bares, restaurantes, hotéis, agências de viagens, organizadores de eventos, por práticas que assegurem o cumprimento de requisitos de higiene e limpeza contra o contágio pelo novo coronavírus (Covid-19). A iniciativa, que foi apresentada em sessão virtual da Câmara Municipal, é do vereador Venâncio Cardoso (PSDB).

De acordo com o texto do projeto, os objetivos do selo, são para que haja um reconhecimento do Poder Público Municipal das medidas, por parte de empresas privadas, que asseguram a higienização necessária e orientada pelas autoridades mundiais de saúde, para evitar riscos de contágio. Assim o usuário teria segurança e conhecimento que determinadas empresas seguem os procedimentos considerados seguros.

Segundo Venâncio, a ideia visa promover Teresina como um destino seguro do ponto de vista de cuidados com a propagação de Covid19 e de outras eventuais infecções. “Sabemos que o setor de Turismo da capital, assim como o mundial, está sofrendo bastante com os efeitos da pandemia. Este PL foi pensando no sentido de dá ao trade turístico local um elemento para que as empresas demonstrem que sejam seguras. Isso dá mais confiança ao consumidor. A gente se inspirou em algo que Portugal fez. Lá eles criaram o selo “Clean & Safe” para distinguir as atividades turísticas que asseguram o cumprimento de requisitos de higiene e limpeza. O mais interessante é que isso é válido para agora e para os próximos anos, uma vez que nossas relações comerciais precisarão cada vez mais de confiança na higiene de locais que passaremos a frequentar”, explica.

O vereador ainda destaca que o objetivo é tornar Teresina um destino seguro para as pessoas. “Destaco que de acordo com dados da Semdec, 52,4% dos turistas chegam a capital piauiense, são para realizar negócios, e 27% buscam contato com amigos e parentes. Nosso turismo é superavitário e temos de proteger essa questão transformando Teresina em um destino seguro”, acrescenta.

Ainda de acordo com o PL, a ideia é também educativa, uma vez que a Prefeitura de Teresina também transmitiria as empresas informações sobre as medidas mínimas necessárias de higiene e limpeza dos estabelecimentos. Além disso, o selo “The Turismo x Covid19” terá duração de um ano e será coordenado através de análise e critérios feitos pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Teresina (Semdec).

Fonte: Ascom

Dê sua opinião: