Patriota realiza evento de filiação em Teresina

O presidente nacional da sigla, Adilson Barroso, marcou presença no evento

O presidente nacional do Patriotas, Adilson Barroso participou de evento em Teresina

O presidente nacional do Patriotas, Adilson Barroso participou de evento em Teresina Foto: Divulgação/PEN/Patriota

O partido Patriota realizou, na manhã desta sexta-feira (6), um evento para a realização de novas filiações ao partido. O evento aconteceu no plenarinho da Câmara Municipal de Teresina e contou com a presença do presidente nacional do partido, Adilson Barroso. Além disso, o encontro também serviu para discutir os encaminhamentos que a legenda deverá seguir para as eleições do pleito que se aproxima.

O vereador Valdemir Virgino, que compõe o quadro de vereadores do partido em Teresina, comenta que o encontro desta sexta-feira é uma oportunidade de alinhamento de estratégias para as eleições do próximo ano. Além das definições para as eleições da capital, o encontro também discutiu novos encaminhamentos que deverão ser dados em algumas cidades do interior do Estado.

Recentemente o presidente municipal do PSDB em Teresina, vereador Edson Melo (PSDB) fez um convite aos membros do Patriota para que se filiem ao PSDB. segundo Edson Melo as chances dos candidatos do Patriotas se elegerem dentro do PSDB são muito maiores do que dentro do Patriota.

Apesar do convite, o vereador Neto do Angelim, um dos parlamentares que deverão se filiar ao Patriotas no próximo ano, não considerou o convite interessante. “O Patriota já está com a chapa quase montada. Nós já temos alguns nomes [para a composição da chapa]. Inclusive já estamos programando alguns eventos para acontecer dentro do partido, então a possibilidade dessa incorporação, nesse momento, a gente não acha necessária, pois há sim a possibilidade de nós montarmos nossa chapa [no Patriota]”, declarou.

Atualmente o patriota possui em seus quadros ou estão em negociações com os parlamentares: Valdemir Virgino, Gustavo de Carvalho, Zé Filho, Neto do Angelim, Pedro Fernandes e Nilson Cavalcante.

Dê sua opinião: