Freitas Neto acredita no favoritismo do PSDB nas eleições em Teresina

O parlamentar, que sempre foi um crítico das discussões antecipadas sobre a disputa pelo Palácio da Cidade, defende que agora chegou o momento certo para o debate

O ex-prefeito de Teresina defendeu em entrevista o favoritismo do PSDB na disputa pelo Palácio da Cidade em 2020

O ex-prefeito de Teresina defendeu em entrevista o favoritismo do PSDB na disputa pelo Palácio da Cidade em 2020

O ex-governador e ex-senador Freitas Neto (PSDB) comentou sobre a disputa pelo Palácio da Cidade que acontece em outubro. Em entrevista ao Parlamento Piauí, o ex-parlamentar fez uma análise sobre o cenário político da capital e defendeu o favoritismo do PSDB na disputa pela prefeitura de Teresina.

“Acho que em Teresina terá um pleito disputado. Tem candidatos surgindo de vários partidos, como o PT, PMDB e tem o PSDB, que já tem a prefeitura há muito tempo e vem fazendo um trabalho em Teresina, é tanto que tem sido aprovado esse trabalho através de sucessivas eleições municipais, logo, o candidato a ser apoiado pelo PSDB será um candidato muito forte e talvez até o favorito”, defendeu Freitas Neto.

Questionado sobre qual deve ser o perfil do candidato apoiado pelo PSDB nas eleições municipais, Freitas Neto avalia que o perfil deverá seguir critérios: “Principalmente que conheça a administração pública, tenha sensibilidade social e uma boa interlocução política, isso é o ideal. Se você conseguir unir essas três características isso é o ideal para qualquer cidade”, considera.

Freitas Neto argumentou que em Teresina existem muitos nomes que se encaixam dentro desse perfil. O problema estaria em cada partido escolher o melhor nome na disputa.

Indecisão

O nome do candidato que receberá o apoio do PSDB para disputar a sucessão do Palácio da Cidade ainda não foi definido. A responsabilidade por essa decisão cabe ao prefeito de Teresina, Firmino Filho, que já deixou claro em entrevistas que o nome  do PSDB só será conhecido em março.

Fonte: Redação

Dê sua opinião: