Câmara Teresina

Dr. Pessoa e Joaquim do Arroz se reúnem com moradores do Grande Dirceu

O encontro realizado na última terça-feira (23) tratou, entre diversos assuntos, do transporte público de Teresina, bastante criticado pelos moradores da região

Dr. Pessoa e Joaquim do Arroz durante encontro realizado com a população do Grande Dirceu

Dr. Pessoa e Joaquim do Arroz durante encontro realizado com a população do Grande Dirceu Foto: Assessoria Parlamentar

O candidato a prefeito de Teresina pelo MDB, Dr. Pessoa, realizou um encontro na última terça-feira (23), juntamente com o vereador Joaquim do Arroz (MDB) com a população do bairro Dirceu Arcoverde, zona Sudeste da capital. A região é uma das mais prejudicadas economicamente desde a implantação do novo sistema de transporte público da capital, o InTHEgra. Com a implantação das linhas exclusivas para os veículos de transporte público, o comércio da região ficou totalmente prejudicado devido às novas proibições no fluxo de veículos da região.

Pelas redes sociais, o vereador Joaquim do Arroz, candidato à reeleição pelo MDB destacou o diálogo promovido entre o candidato à Prefeitura de Teresina pelo partido e a população da região sudeste da capital.

“Hoje eu e meu amigo Dr. Pessoa fomos ao Grande Dirceu dialogar com a população e os amigos da região. Momento de levar a nossa mensagem de coragem e fé na mudança em nossa cidade de Teresina. O Dirceu clama por desenvolvimento econômico, a população não aguenta mais o desrespeito de um Integra que destrói o comércio na avenida Joaquim Nelson, o povo quer TRABALHO, não esmolas do poder público e obras eleitoreiras. Vamos firmes lutar para mudar a história da nossa cidade”, declarou.

Outro parlamentar atuante na região na busca por soluções para os problemas ocasionados pela implantação do sistema de transporte público é o vereador Zé Nito, que vem lutando por melhorias na região desde a implantação do InTHEgra no ano de 2019. Conforme o vereador, mais de 500 comerciantes da região foram duramente afetados com as alterações no trânsito da região, sendo que mais da metade desses tiveram que encerrar suas atividades devido a baixo fluxo de pessoas no Bairro, consequência direta da implantação dos corredores exclusivos de ônibus. 

Amplamente criticado pela população Teresinense, o sistema de integração da capital é um dos pontos mais criticados da atual gestão pelos opositores,  e propostas de mudanças tem chamado a atenção.

Fonte: Ascom

Dê sua opinião: