Câmara Teresina

Aprovada, em primeira votação, nova Reforma Administrativa da PMT

Técnicos da Prefeitura de Teresina devem apresentar mais informações aos parlamentares sobre as propostas apresentadas

Sede da Câmara Municipal de Teresina

Sede da Câmara Municipal de Teresina Foto: Divulgação

Foi aprovada em primeira votação nesta terça-feira (20), durante sessão ordinária na Câmara Municipal de Teresina (CMT),  o projeto com a reforma administrativa na Prefeitura de Teresina - a segunda em três meses de gestão. A proposta foi encaminhada ao legislativo municipal na tarde desta segunda-feira (19).

Ao todo, 21 dos 29 vereadores de Teresina votaram de forma favorável à Reforma. Os vereadores Edson Melo  e Venâncio Cardoso, ambos do PSDB, foram os únicos que se abstiveram dos votos.

Entre as mudanças na nova etapa da reforma administrativa está a polêmica transferência de vinculação da Coordenadoria de Comunicação da Semgov para a Secretaria de Finanças.

A proposta aprovada também inclui a criação da Secretaria de Produção e Agropecuária e de duas gerências na Secretaria do Meio Ambiente, e  a criação da Coordenadoria de Transportes na Secretaria de Administração. 

O líder do prefeito na Câmara Municipal de Teresina, Renato Berger (PSD) destaca que a nova reforma administrativa não irá implicar em novas despesas para os cofres públicos do município. “Tudo que está sendo criado está sendo tirado de outro órgão, para que não gerem novas despesas”, argumentou o vereador.

Com a aprovação em primeira votação, o projeto deverá ser votado novamente na quarta-feira (28) da próxima semana, para então ser encaminhado para a sanção pelo prefeito. Antes disso, técnicos da Prefeitura de Teresina deverão apresentar mais informações sobre os impactos das mudanças apresentadas no projeto.

Dê sua opinião: