Municípios

Seduc formará a primeira turma de Ensino Médio para indígenas da etnia Warao

As revisões acontecem nos dias 8 e 9 de fevereiro e avaliação diagnóstica para a Recomposição da Aprendizagem será realizada no dia 16 de fevereiro

Seduc formará a primeira turma de Ensino Médio para indígenas da etnia Warao

Seduc formará a primeira turma de Ensino Médio para indígenas da etnia Warao

Mais de 30 estudantes da etnia Warao estão participando das revisões intensivas de Português e Matemática da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) com o objetivo de se prepararem para a avaliação diagnóstica que irá formar a primeira turma de Ensino Médio na Escola Indígena Oka ka Inaminanoko. As revisões acontecem nos dias 8 e 9 de fevereiro e avaliação diagnóstica para a Recomposição da Aprendizagem será realizada no dia 16 de fevereiro. A partir do resultado, as aulas da nova turma iniciam no dia 19 de fevereiro.

A coordenadora da Educação Escolar Indígena da Seduc, Aliã Wamiri, afirma que a formação da primeira turma de Ensino Médio é uma conquista importante para os indígenas que moram em Teresina.

“Esse é um momento de muita alegria. Os estudantes estão muito empolgados, dedicados e concentrados nas aulas, que acontecem o dia todo. O objetivo deles é conseguirem passar na avaliação para cursar a 1ª série do Ensino Médio. Essa é uma conquista importante para os indígenas que moram aqui em Teresina, pois eles têm um espaço educativo, cultural e que abarca todas as etnias”, destacou.

A Escola Indígena Oka ka Inaminanoko está localizada no bairro Planalto Bela Vista e conta com uma estrutura adequada para atender as comunidades indígenas da região do Entre Rios, das etnias Guajajara e Warao, etnias que estão com domicílio em Teresina. A expectativa é oferecer o ensino em uma primeira etapa, com o projeto de alfabetização trilíngue para refugiados da etnia Warao, os indígenas venezuelanos.

O secretário da Educação, Washington Bandeira, destacou a importância de reconhecer e proporcionar um ambiente inclusivo e que priorize a valorização das tradições culturais indígenas. “A escola adotará metodologias específicas, adequadas aos seus costumes e que associe novos conhecimentos relevantes para a comunidade indígena”, declarou o secretário.

Fonte: SEDUC

Dê sua opinião: