Reunião de emergência discute socorro às famílias vítimas das fortes chuvas em Picos

Uma força-tarefa foi montada para atendimento à população afetada pelas águas

Reunião de emergência após forte chuva em Picos

Reunião de emergência após forte chuva em Picos Foto: Assessoria

Uma reunião de emergência, na manhã desta quinta-feira (9), no Palácio Coelho Rodrigues, sede da Prefeitura, definiu as estratégias e ações de prevenção de desastres em decorrência das fortes chuvas que caíram nos últimos dias em Picos, município no Sul do Piauí.

A prefeitura de Picos, Câmara Municipal, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, 3º BEC, órgãos de trânsito e serviços públicos planejaram as ações como parte de um plano de emergência para atendimento às vítimas das chuvas, que deram uma trégua na manhã de hoje.

Uma força-tarefa vai monitorar os pontos mais críticos do município, na sede e nas comunidades rurais de Picos. A Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura de Picos adianta que ainda não há desabrigados ou feridos por conta dos alagamentos.

"O maior problema foi de mobilidade. As avenidas foram desinterditadas, somente o trecho que desabou da Avenida Getúlio Vargas segue interditado. Ainda agora de manhã, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) vai começar a recuperação", informou a prefeitura em nota.

Segundo o secretário de Defesa Civil, Antônio Afonso, a reunião teve o objetivo de discutir medidas preventivas para o período chuvoso. “Tivemos uma reunião com o prefeito e secretários para continuar nos prevenindo. Nós estamos mapeando para poder identificar como podemos resolver os principais problemas”, destacou. 

De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros, Alysson Rangel, a instituição juntamente com a Secretaria de Defesa Civil fará vistorias para se prevenir de possíveis deslizamentos.

“Faremos vistorias juntamente com um engenheiro da Defesa Civil em áreas de risco, onde pode haver deslizamentos e casos de casas com paredes com rachaduras, com algum risco, ajudando na questão de isolamento através de um laudo de um engenheiro da Defesa Civil”.

O supervisor da unidade do DNIT de Picos, Elvo Marton Lima, explicou que o trecho que cedeu próximo à Igrejinha do Sagrado Coração de Jesus  já está sendo reparado. “Como todos sabem à precipitação sob a nossa cidade foi muito forte e, devido a inexistência da calçada de proteção, devido, a própria execução do serviço a calçada foi removida, e devido a passagem intensa de água naquele ponto, acabou causando essa erosão que culminou naquela cratera. No dia de hoje, a construtora já está resolvendo o problema, acredito que de hoje para amanhã já estará resolvido”.

A prefeitura orienta à população a acionar o Corpo de Bombeiros - por meio do número 193 – que faz o contato com a Defesa Civil municipal para atendimento das famílias atingidas pelas águas. O site Clima Tempo prevê chuva na cidade Picos hoje à tarde.

Cratera aberta pela enxurrada na Avenida Getúlio Vargas, em Picos
Foto: Picos 40 Graus

Fonte: Paulo Pincel

Dê sua opinião: