Municípios

Rafael Fonteles discute plano de governo trabalhadores na sede da Fetag em Teresina

O pré-candidato recebeu sugestões e discutiu os investimentos na agricultura familiar

Rafael Fonteles visitou a sede da Fetag em Teresina

Rafael Fonteles visitou a sede da Fetag em Teresina Foto: Divulgação

O pré-candidato a governador, Rafael Fonteles, visitou a sede da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Piauí (Fetag), em Teresina, na manhã desta terça-feira (26). Na ocasião, recebeu uma carta-proposta da instituição e discutiu sobre a importância de investimentos na agricultura familiar.

A carta-proposta entregue tem como finalidade contribuir para o plano de governo no quesito desenvolvimento rural, sustentável e solidário. “São propostas concretas para o fortalecimento da agricultura familiar no nosso estado. O Piauí tem quase um terço da sua população que vive da agricultura familiar, tem vocação para isso e certamente será uma prioridade dentro da geração de empego e renda, que é o carro chefe do nosso programa de governo. Queremos o apoio à comercialização, assistência técnica, novas tecnologias e à regularização fundiária, para gerar cada vez mais renda e qualidade de vida para o homem e mulher do campo”, afirmou Rafael Fonteles.

Segundo o presidente da Fetag, Antônio José, os principais pontos da carta são a implementação da lei agrícola estadual e o fortalecimento do projeto de desenvolvimento sustentável do estado. “A lei precisa valer em todos os municípios do estado para que haja o fortalecimento do projeto, que vai da produção até a comercialização. Apresentamos as propostas para que possam ser incluídas no plano de governo, queremos participar ativamente e contribuir para a construção de um plano viável e que gere resultados a curto, médio e longo prazo”, disse o gestor.




De acordo com Elisângela Moura, secretária de Finanças da Fetag, todas as sugestões tem como foco o desenvolvimento da agricultura familiar. “Sabemos que o Piauí tem um grande potencial, mas precisamos de mais incentivo, assistência técnica e regularização fundiária. Nosso ex-governador Wellington Dias deu a sua contribuição e acreditamos que o projeto precisa ter continuidade, mas sempre com mais investimentos e mais ações para que consigamos melhorar cada vez mais a qualidade de vida dos nossos trabalhadores”.



Outras propostas


Estruturação física dos órgãos ligados à agricultura familiar; criação de um programa de assistência técnica e extensão rural na perspectiva agroecológica e da economia solidária; aumento do volume de recursos para os programas de aquisição de alimentos e produtos da agricultura familiar; implementação da lei agrícola estadual e da economia solidária; dar celeridade aos processo de regularização fundiária no controle a grilagem; criação da Política Estadual de Convivência com o Semiárido para garantir acesso à agua para o consumo humano e produção de alimentos; garantir o acesso aos agricultores familiares às tecnologias renováveis.

Fonte: Divulgação/Fetag

Dê sua opinião: