Municípios

Governadora Regina Sousa participar da missa de Santo Antônio em Campo Maior

Ela também conheceu a "Casa do Pão", uma parceria da Igreja Católica com o Governo do Estado

Regina Sousa carrega a imagem de Santo Antonio até o altar em Campo Maior

Regina Sousa carrega a imagem de Santo Antonio até o altar em Campo Maior Foto: CCom/Paulo Barros

A governadora Regina Sousa foi a Campo Maior, na manhã desta segunda-feira (13), para conhecer o Projeto Casa do Pão e participar da missa solene de Santo Antônio,  que encerra os festejos do município.


Durante a visita à residência episcopal, a chefe do Executivo estadual assistiu à apresentação musical do projeto Casa da Juventude, coordenado pela Diocese de Campo Maior.




Sobre o projeto Casa da Juventude, o bispo de Campo Maior, Francisco de Assis, explicou que  “por iniciativa dos próprios jovens, eles criaram uma associação juvenil, fizeram uma parceria com o prefeito municipal e ai nasceu a Casa da Juventude, um projeto solidário musical no qual atendemos 120 crianças e adolescentes, muitos da periferia. São três turnos com aulas de música e os próprios jovens que têm aptidão e conhecimento que são os professores. Então, o projeto já tem dois anos e segue com o apoio da Igreja e da esfera pública municipal e estadual”.




Ainda na cidade, a governadora conheceu também o projeto Casa do Pão. “O Projeto a Casa do Pão é uma parceria entre a Igreja Católica e o Governo do Estado, por meio da Cendrogas. É um projeto que vem trabalhando muito bem a juventude de Campo Maior, criando espaço para inserção desses jovens, no qual eles vão aprender sobre confeitaria e realizar a venda, estimulando-os a buscarem outros caminhos”, disse a governadora Regina Sousa.

O bispo Francisco de Assis destacou a importância também desse projeto, “a Igreja Católica no Brasil e no Piauí vive um projeto de evangelização que tem quatro pilares: pão, palavra, caridade e missão. Então, o projeto Casa do Pão contempla esses pilares. Ele nasceu no coração da Diocese e depois os jovens vieram abraçar o projeto. Nos próximos dias nós teremos aqui o pleno funcionamento da nossa panificação, que será uma oficina profissionalizante na área da confeitaria, nós teremos duas turmas, uma que ficará na produção e outra nas vendas, o curso terá duração de três meses”.




Sâmmio Falcão, da Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas falou sobre o projeto Casa do Pão que é realizado em parceria com a Diocese de Campo Maior. “A Cendrogas tem uma parceria aqui com a Casa do Pão no qual foi formalizado um termo de fomento para ajudar desde a elaboração de todo o projeto até mesmo sua execução. Então, o Governo do Estado do Piauí, por meio da Cendrogas, tem mais essa parceria para ajudar nossa juventude a se qualificar profissionalmente e trabalhar também na prevenção das drogas”.


Fonte: CCom

Dê sua opinião: