Municípios

Prefeituras devem ter FPM bloqueado por atraso na prestação de contas; confira lista

São 31 municípios que podem ficar sem recursos do Fundo de Participação dos Municípios

Sede da Associação Piauiense de Municípios (APPM)

Sede da Associação Piauiense de Municípios (APPM) Foto: Reprodução/APPM

Em recente relatório divulgado pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais (Conasems), 31 prefeituras do Piauí poderão ter o recurso do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), bloqueados, por atraso na prestação de contas. O bloqueio é consequência da do atraso na homologação da prestação de contas, que foi encerrado na quarta-feira (3).

O presidente da Associação Piauiense dos Municípios (APPM) e prefeito do município de Francinópolis, Paulo César (Progressistas), afirmou que estava acompanhando a situação dos municípios que ainda não haviam formalizado a prestação de contas.

Para o gestor,  o atraso na prestação de contas de alguns municípios se deu por conta da mudança no comando da cidade. “Tem muitos prefeitos que, como tem o prazo, deixam para a última hora. Outros estão tendo dificuldade, porque a documentação está relacionada ao sexto bimestre de 2020, de uma gestão anterior”.

Confira os municípios presentes na lista:

  1. Alvorada do Gurguéia
  2. Amarante
  3. Aroeiras do Itaim
  4. Assunção do Piauí
  5. Barreiras do Piauí
  6. Bertolínia
  7. Bocaina
  8. Bonfim do Piauí
  9. Boqueirão do Piauí
  10. Brejo do Piauí
  11. Cajazeiras do Piauí
  12. Canavieira
  13. Capitão Gervásio Oliveira
  14. Caracol
  15. Conceição do Canindé
  16. Curralinhos
  17. Fartura do Piauí
  18. Francisco Ayres
  19. Gilbués
  20. Hugo Napoleão
  21. Ilha Grande
  22. Lagoinha do Piauí
  23. Manoel Emídio
  24. Miguel Leão
  25. Morro Cabeça no Tempo
  26. Nazaré do Piauí
  27. Nossa Senhora dos Remédios
  28. Olho D'Água do Piauí
  29. Padre Marcos
  30. Paes Landim
  31. Parnaguá

Dê sua opinião: