Ronney Lustosa diz que não vai entregar a presidência do DEM para Paes Landim

Paes Landim (PTB) se filiaria ao DEM para assumir o comando do partido no Piauí

Ronney Lustosa nega que vá ceder a presidência do DEM para Paes Landim

Ronney Lustosa nega que vá ceder a presidência do DEM para Paes Landim Foto: O Dia

O suplente de deputado federal Paes Landim (PTB) teria sido convidado para assumir o comando do Democratas no Piauí. O convite, segundo informações dos bastidores políticos, teria partido do presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). Paes Landim está no mandato por conta da saída de Fábio Abreu (PL) e Merlong Solano (PT) para ocuparem cargos no Executivo estadual.

Em entrevista à imprensa, o atual presidente do DEM do Piauí, Ronney Lustosa (DEM), afirmou que existe, sim, o diálogo para a filiação de Paes Landim, mas que caso a negociação seja concretizada, o parlamentar não virá para assumir o comando do diretório estadual, assim como está sendo divulgado pela imprensa.

“Ele tem interesse, a gente não descarta e recebe com maior prazer, se ele vier. Estamos aguardando. Essa negociação começou lá em Brasília. Quando ele vir, ele vem como filiado. A gente não objeção nenhuma, entretanto, não tem como ele vir para ficar no comando do partido, porque nós temos um diretório formado por convenção, que tem mandato até o mês de dezembro”, ressaltou. 

Embora Ronney tenha negado a possibilidade de Paes Landim assumir o comando do partido, o atual presidente da sigla admite que a vinda de Landim ao partido representa o fortalecimento da sigla à nível estadual, podendo esse fortalecimento refletir nos anos de 2020 e 2022.

“Ele é muito bem vindo. É um deputado que, embora não seja titular, fortalece o partido. Ele tem uma história política e uma tradição, especialmente na região sul do estado. Então, o grupo dele deve vir junto com ele, para participar das eleições, e isso não deixa de fortalecer o partido”, avaliou Ronney Lustosa.


Fonte: Redação/O Dia

Dê sua opinião: