Câmara dos Deputados

Psicólogos e assistentes sociais agradecem Rejane Dias por inclusão no FUNDEB

A parlamentar foi uma das responsáveis pela inclusão nas categorias no texto do FUNDEB, que foi aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal esta semana

Rejane Dias e Deborah Duprat, Procuradora Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC)

Rejane Dias e Deborah Duprat, Procuradora Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) Foto: Agência Câmara de Notícias

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) e o Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) enviaram carta de agradecimento ao empenho da deputada Rejane Dias em incluir o pagamento de salários de psicólogos e assistentes sociais ao Fundeb.  O texto foi aprovado em setembro passado pelos deputados, mas foi vetado pelo presidente Jair Bolsonaro que alegou não haver dotação orçamentária. O veto foi derrubado à época e, agora, tem no texto que regula o Fundeb, a previsão dos recursos.


“Vosso apoio foi muito importante para esta conquista junto às categorias profissionais da Psicologia e do Serviço Social, que certamente proporcionarão avanços ao campo da educação brasileira”, diz a carta subscrita pela Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE), a Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (ABEP), a Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS) e a Federação Nacional dos Psicólogos (FENAPSI).

Como presidente da Frente Parlamentar de Enfrentamento à Violência nas Escolas, Rejane Dias se uniu à bancada feminina e à entidades representativas, para mobilizar os deputados e senadores em torno da inclusão das categorias no texto do Fundeb, cuja regulamentação foi aprovada pela Câmara e pelo Senado nesta semana.

Para a deputada, a inclusão dos psicólogos e assistentes sociais no contexto escolar resgata a cultura de paz nas escolas, o enfrentamento aos problemas de ordem social, o combate ao bullyng, a depressão e ansiedade, que hoje tem acometido o ambiente educacional. “A gente está criando uma rede de atenção psicossocial dentro da escola, que é onde as crianças, jovens e adultos passam a maior parte da vida”, comemorou.


Fonte: Assessoria parlamentar

Dê sua opinião: