Câmara dos Deputados

Iracema Portella apresenta solenidade virtual de concurso cultural

Uma professora e um aluno do Piauí conquistaram o prêmio pela região Nordeste

Iracema Portella foi a apresentadora da solenidade do concurso

Iracema Portella foi a apresentadora da solenidade do concurso

A deputada federal Iracema Portella, procuradora da Mulher da Câmara dos Deputados, apresentou a solenidade virtual de premiação da 7ª edição do Concurso Cultural sobre a Lei Maria da Penha.

O tema deste ano foi: “Construindo novas histórias para meninas e meninos: quando relacionamentos se tornam abusivos, como perceber e mudar isso?”; e o público alvo foram alunos e alunas do Ensino Médio, com idades entre 14 e 18 anos.

O evento acontece nesta quinta-feira, 10, e foi transmitido pelo canal do YouTube da Câmara dos Deputados e pela TV Câmara.

A data escolhida é simbólica: 10 de dezembro é o Dia Internacional dos Direitos Humanos e este ano marca o encerramento da programação oficial da Secretaria da Mulher para a campanha 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

A presidente vitalícia do Instituto Maria da Penha; Maria da Penha, Sophie Naudeau, Gerente de Operações do Banco Mundial; Daniela Grelin, Diretora Executiva do Instituto Avon; Andréa Mendes Leal, Representante do Facebook; Aline Yamamoto;  Representante da ONU Mulheres e a Senadora Zenaide Maia, Presidente da Comissão Permanente Mista de Combate à Violência contra a Mulher também estarão presentes.

Os vencedores e vencedoras foram premiados com um celular ou tablet, um troféu em acrílico, um certificado de menção honrosa e a participação em um workshop promovido pelo Facebook sobre segurança na internet e realidade virtual.

Cada região do Brasil teve um estudante vencedor.  Pelo Norte, a aluna Mary Lene e a professora Ivane Mariano dos Santos. Pelo Nordeste, o aluno Carmo Santos e a professora Lidiane Chagas de Carvalho, do Piauí. Pelo Centro-Oeste, o aluno Lucas Henrique Costa e a professora Jaqueline Aparecida dos Santos. Pelo Sudeste, a aluna Sofia Borodiak e a professora Milene Cristine Martinez Batista. Pelo Sul, a aluna Sofia Rambo e a professora Maria Eduarda Gotz Nunes.

Fonte: Assessoria parlamentar

Dê sua opinião: