Câmara dos Deputados

Deputada Rejane Dias comemora a inauguração do CEIR de São João do Piauí

"Um dia para entrar na história da região sul do Piauí. Inauguramos o nosso tão sonhado CER II de São João do Piauí"

Governador inaugura o CEIR de São João do Piauí

Governador inaugura o CEIR de São João do Piauí Foto: CCom

A deputada federal e primeira-dama do Estado, Rejane Dias, comemorou a inauguração, na sexta-feira (18), em São João do Piauí, o Centro Especializado em Reabilitação – CER II Daniely Dias. O local atenderá pessoas com sequelas decorrentes da Covid-19 e irá oferecer um leque de serviços nas modalidades de reabilitação visual e física.

"Um dia para entrar na história da região sul do Piauí. Inauguramos o nosso tão sonhado CER II de São João do Piauí e pra começar a funcionar nesta segunda-feira, a princípio, o atendimento às pessoas com sequelas do Covid-19. Na região, mais de 8 mil pessoas necessitam dessa recuperação pra retomar a vida de forma gradual. Um grande investimento do nosso mandato em parceria com o Governo do Piauí e Ministério da Saúde num total de R$ 4,5 milhões. Nesse momento escrevemos uma nova história para a saúde, inclusão e ação social na região da Serra da Capivara. Feliz e honrada", escreveu a deputada.

Veja o vídeo!



O CER II fará diagnóstico, avaliação, orientação, estimulação precoce e atendimento especializado em reabilitação, concessão, adaptação e manutenção de tecnologia assistiva, constituindo-se em referência para a Rede de Atenção à Saúde no território Serra da Capivara, que é composto por 18 municípios e possui cerca de 140.738 habitantes. Destes, aproximadamente 51.888 possuem alguma deficiência.

Inicialmente, o Centro atenderá pessoas com sequelas decorrentes da Covid-19, uma medida determinada pelo Ministério da Saúde, que recomenda que os serviços de reabilitação sejam oferecidos como retaguarda para atendimento aos usuários pós-internação originadas pela Covid-19, contribuindo dessa forma para a melhoria da qualidade de vida e integração social da população deste território.

“Este Centro faz parte de toda uma rede de reabilitação do estado. O CER II é de alta complexidade e já inaugura garantindo o atendimento para reabilitação pós-Covid, mas aqui trabalharemos com deficiências visual e física, garantindo assistência para 18 cidades. O objetivo é descentralizar os serviços para que as pessoas não precisem se deslocar até Teresina”, afirmou o governador.

Os atendimentos terão início na segunda-feira (21). “Mais um sonho realizado. Muitas vezes as pessoas ficavam impossibilitadas de se deslocar para a capital para fazer um tratamento de reabilitação e agora vamos transformar a vida das pessoas com deficiência da região. Agradecemos ao Governo do Estado e a deputada Rejane Dias que viabilizaram a concretização desse sonho”, disse o secretário da Seid, Mauro Eduardo.

Nas obras de construção do CER II de São João do Piauí foram investido mais de R$3,5 milhões, recursos oriundos do Ministério da Saúde e Tesouro Estadual, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) e da Secretaria Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid). Também foram aplicados na obra recursos de emenda parlamentar da deputada federal Rejane Dias.

Durante a solenidade de inauguração do CER II também houve o lançamento do projeto “Parque Recordar”, uma ação do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar). O objetivo é homenagear os familiares e as vítimas da Covid-19 com o plantio de mudas de árvores nativas ou frutíferas. O projeto contemplará os 224 municípios do estado e cada um receberá a quantidade de mudas equivalente às vítimas.

O governador Wellington Dias inaugurou, na sexta-feira (18), em São João do Piauí, o Centro Especializado em Reabilitação – CER II Daniely Dias. O local atenderá pessoas com sequelas decorrentes da Covid-19 e irá oferecer um leque de serviços nas modalidades de reabilitação visual e física.

O CER II fará diagnóstico, avaliação, orientação, estimulação precoce e atendimento especializado em reabilitação, concessão, adaptação e manutenção de tecnologia assistiva, constituindo-se em referência para a Rede de Atenção à Saúde no território Serra da Capivara, que é composto por 18 municípios e possui cerca de 140.738 habitantes. Destes, aproximadamente 51.888 possuem alguma deficiência.

Inicialmente, o Centro atenderá pessoas com sequelas decorrentes da Covid-19, uma medida determinada pelo Ministério da Saúde, que recomenda que os serviços de reabilitação sejam oferecidos como retaguarda para atendimento aos usuários pós-internação originadas pela Covid-19, contribuindo dessa forma para a melhoria da qualidade de vida e integração social da população deste território.

“Este Centro faz parte de toda uma rede de reabilitação do estado. O CER II é de alta complexidade e já inaugura garantindo o atendimento para reabilitação pós-Covid, mas aqui trabalharemos com deficiências visual e física, garantindo assistência para 18 cidades. O objetivo é descentralizar os serviços para que as pessoas não precisem se deslocar até Teresina”, afirmou o governador.

Os atendimentos terão início na segunda-feira (21). “Mais um sonho realizado. Muitas vezes as pessoas ficavam impossibilitadas de se deslocar para a capital para fazer um tratamento de reabilitação e agora vamos transformar a vida das pessoas com deficiência da região. Agradecemos ao Governo do Estado e a deputada Rejane Dias que viabilizaram a concretização desse sonho”, disse o secretário da Seid, Mauro Eduardo.

Nas obras de construção do CER II de São João do Piauí foram investido mais de R$3,5 milhões, recursos oriundos do Ministério da Saúde e Tesouro Estadual, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) e da Secretaria Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid). Também foram aplicados na obra recursos de emenda parlamentar da deputada federal Rejane Dias.

Durante a solenidade de inauguração do CER II também houve o lançamento do projeto “Parque Recordar”, uma ação do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar). O objetivo é homenagear os familiares e as vítimas da Covid-19 com o plantio de mudas de árvores nativas ou frutíferas. O projeto contemplará os 224 municípios do estado e cada um receberá a quantidade de mudas equivalente às vítimas.

Fonte: Assessoria parlamentar

Dê sua opinião: