Alepi

Severo Eulálio lamenta casos recentes de feminicídio no Piauí: "tristeza grande"

" É uma tristeza muito grande. Temos que procurar ajudar essas mulheres”, defendeu o deputado

Deputado estadual Severo Eulálio (MDB)

Deputado estadual Severo Eulálio (MDB) Foto: Thiago Amaral/Alepi

O deputado estadual Severo Eulálio (MDB) comentou os casos recentes de feminicídio ocorridos em Teresina e nos municípios do interior do Piauí. O parlamentar é autor de um Projeto de Lei Ordinária (PLO) voltado para a proteção das mulheres e lamentou que mulheres continuem sendo vítimas desse tipo de crime no nosso estado e no país.

“Infelizmente, temos acompanhado com tristeza o aumento nos casos de feminicídio no Piauí. É uma tristeza muito grande. Temos que procurar ajudar essas mulheres”, defendeu o deputado.

Severo Eulálio é o autor do PLO nº 50/ 2021, que institui o código sinal vermelho como forma de pedido de socorro e ajuda para mulheres em situação de violência doméstica ou familiar, medida de combate e prevenção à violência doméstica.

“Esse Projeto vem para atender as mulheres que têm medo de retaliações. A vítima mostra o sinal discretamente para que alguém possa ver e acionar a polícia ou órgãos de controle para prestar socorro e assistência a elas”, explica Severo Eulálio.

A matéria ainda aguarda a sanção do Poder Executivo para entrar em vigor. “Acredito que o governador deve sancionar esse projeto para ajudar a proteger essas mulheres. Essa proposta é boa para a sociedade, pois atende mulheres em situação de vulnerabilidade e que sofrem com medo de denunciar. Com essa forma discreta de sinalizar, as autoridades podem tomar as providências de imediato e protegê-las”, analisa.

No ano de 2020, o Piauí registrou um total de 61 mulheres assassinadas. Metade desses casos foram classificados como feminicídio. A informação integra o Anuário da Violência 2020, produzido pelo Fórum de Segurança Pública, que foi publicado em julho deste ano.

Fonte: Alepi

Dê sua opinião: