Alepi

Oposição na Alepi cobra paradeiro de 50 mil doses de vacinas contra a Covid-19

Essas 50 mil doses não aparecem no sistema de distribuição do Ministério da Saúde

Deputado estadual Marden Menezes (PSDB)

Deputado estadual Marden Menezes (PSDB) Foto: Thiago Amaral/Alepi

O deputado estadual Marden Menezes (PSDB) postou vídeo nas redes sociais repercutindo a denúncia - feita por um portal de notícias local - sobre o suposto desaparecimento de imunizantes contra a Covid-19. Segundo o portal, mais de 50 mil doses de vacinas, que deveriam ter sido entregues aos municípios piauienses, não aparecem no sistema do Ministério da Saúde.

Marden Menezes afirmou que vai apresentar um requerimento na Assembleia Legislativa cobrando o paradeiro das vacinas e a apuração da denúncia. “Enquanto o governo diz para você ficar em casa, sem o seu trabalho, sem a sua renda, aguardando a sua vez para a imunização, nós somos submetidos a mais um vexame, a mais um escândalo dessa natureza. Isso não pode ficar impune. Estamos requerendo na Assembleia Legislativa a apuração dessas irregularidades e desses crimes através da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na expectativa de que os culpados sejam apontados, de que a Polícia encontre os responsáveis e de que isso não mais aconteça", defendeu.

O parlamentar criticou ainda as autoridades responsáveis pela dinâmica da vacinação no estado. "É uma vergonha e uma falta de capacidade e competência das autoridades, que deveriam cuidar corretamente do processo de vacinação”, avaliou.

Em relação à denúncia, Herlon Guimarães, Superintendente de Atenção Primária à Saúde e Municípios da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), informou que o número total de doses entregues não aparece no sistema disponível no site do órgão porque o registro das doses é feito somente quando estas são entregues nas cidades e que a defasagem dos números é causada pelo fato de que o governo reserva parte das vacinas para a aplicação da segunda dose.

Fonte: Alepi

Dê sua opinião: