Alepi

Leonardo Sousa e de Samuel Ferreira aprovados para dirigir a Agespisa e a Agrespi

Os nomes foram aprovados pelos 21 deputados presentes à sessão desta quarta-feira (4)

Os novos gestores da Agrespi e da Agespisa no Plenário da Assembleia Legislativa

Os novos gestores da Agrespi e da Agespisa no Plenário da Assembleia Legislativa Foto: Iury Parente/Alepi

O plenário aprovou por unanimidade, nesta quarta-feira (4), os Projetos de Decreto Legislativo 12/2022 e 13/2022 de autoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (MDB), que dispõem sobre a indicação dos advogados Leonardo Silva Sousa e de Samuel Ribeiro Ferreira para a Presidência da Agespisa (Companhia de Águas e Esgotos do Piauí) e a Diretoria Geral da Agrespi (Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Piauí).

Vinte e um parlamentares votaram a favor da indicação de Samuel Ribeiro para a Agrespi e dezenove votaram a favor da indicação de Leonardo Silva para a Agespisa, acatando parecer do deputado Henrique Pires (MDB), que já havia sido aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça.

Henrique Pires disse, em seu parecer, que os indicados preenchem os requisitos para exercer os cargos de presidente da Agespisa e diretor geral da Agrespi, tendo capacidade técnica e experiência comprovada.

O deputado Júlio Arcoverde (Progressistas) secretariou os trabalhos de votação, fazendo a chamada nominal dos parlamentares para depositarem seus votos na urna colocada em plenário.


ADVOGADOS – O novo presidente da Agespisa, Leonardo Silva, nasceu em Piripiri, é graduado em Direito pelo Centro Universitário Santo Agostinho e, dentre outros cargos, foi assessor jurídico da Prefeitura de Piripiri, integrou o Comitê de Elegibilidade da Agespisa e foi pregoeiro da companhia.

O novo diretor-geral da Agrespi, Samuel Ribeiro, também, é formado em Direito pelo Instituto de Ciências Jurídicas e Sociais Camilo Filho.


Fonte: Alepi

Dê sua opinião: