Alepi

Grilagem de terras em Cajueiro da Praia será debatida nesta terça-feira na Assembleia

A audiência foi solicitada pelos deputados Francisco Costa, Dr. Hélio, Júlio Arcoverde, Teresa Britto e Ziza Carvalho

Praia de Barra Grande, em Cajueiro da Praia: beleza e abandono

Praia de Barra Grande, em Cajueiro da Praia: beleza e abandono Foto: Reprodução

A Assembleia Legislativa do Piauí realiza, nesta terça-feira (23), no Cine Teatro, a partir das 9h30, audiência pública para debater a denúncia de fraude imobiliária no município de Cajueiro da Praia, onde fica situada a praia de Barra Grande. A audiência foi solicitada pelos deputados Francisco Costa (PT), Dr. Hélio (PL), Júlio Arcoverde (Progressistas), Teresa Britto (PV) e Ziza Carvalho (PT).

Foram convidados para a discussão, o prefeito de Cajueiro da Praia, Felipe Ribeiro; o chefe do escritório da Superintendência de Patrimônio da União (SPU) em Parnaíba, Marcelo Barbosa de Morais; e a tabeliã Maria Cristina Sousa, do Cartório Bezerra; além de representantes do Ministério Público Federal, Instituto de Terras do Piauí, Corregedoria de Justiça do Tribunal de Justiça e lideranças locais, como vereadores e representantes de associações comunitárias.

De acordo com a deputada Teresa Britto, há denúncias de que um casal estaria tentando tomar a posse de mais de 50 hectares de terras na área urbana da cidade, usando uma procuração que teria sido expedida há mais de dez anos, com base em um Registro Imobiliário Patrimonial (RIP) que teria sido lavrado em 1943.

“Os cidadãos de Cajueiro da Praia estão apavorados. Dessa forma, vamos reunir os órgãos responsáveis e a sociedade com o objetivo de debater essa situação e esclarecer todos os pontos”, afirma Teresa Britto. A deputada ressalta que a área em questão está avaliada em mais de R$ 500 milhões.

Fonte: Alepi

Dê sua opinião: