Alepi

Frente parlamentar discute a construção de novos reservatórios no rio Poti

Foi durante reunião virtual da Frente Parlamentar Estadual em Defesa dos Recursos Hídricos

Deputado estadual Ziza Carvalho (PT)

Deputado estadual Ziza Carvalho (PT) Foto: Thiago Amaral/Alepi

O deputado Ziza Carvalho (PT), presidente da Frente Parlamentar Estadual em Defesa dos Recursos Hídricos, anunciou, nesta terça-feira (23), uma nova reunião, nos próximos dias, com representantes de órgãos públicos e entidades privadas para debater, dentre outros assuntos, a construção de reservatórios de água no rio Poti, no município de Castelo do Piauí.

O anúncio foi feito pelo parlamentar petista no encerramento da audiência pública virtual realizada na manhã desta terça-feira com o objetivo de debater a construção dos reservatórios no rio Poti e a condição de uso dos recursos hídricos dos Sistemas Jaburu/Jenipapo.

Ziza Carvalho, que requereu a audiência pública, disse que a reunião virtual foi positiva e agradeceu a presença de todos os participantes, dentre eles, os representantes da Agência Nacional de Água (Ana), Rodrigo Flecha, e Avelar Damasceno Amorim, do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba (CBH-Parnaíba).

“Nos próximos dias, iremos nos reunir com a Semar (Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Piauí) e outros órgãos e entidades para discutir melhor esta questão dos reservatórios de água do rio Poti”, declarou Ziza Carvalho.

O diretor da Fundação Velho Monge, Márcio Freitas, disse que a audiência pública foi importante e defendeu um debate mais aprofundado sobre o aproveitamento dos recursos hídricos do Estado. Ele parabenizou o deputado Ziza Carvalho por ter proposto a realização da audiência pública.

Já o representante do CBH-Parnaíba, Avelar Amorim, disse que o debate deve continuar, principalmente, em relação à vazão de água dos reservatórios durante os períodos críticos, como os de excesso e escassez de água no Estado.

Representando a Ana, Rodrigo Flecha agradeceu o convite para participar da audiência pública e disse que estava à disposição para novos debates sobre o aproveitamento dos recursos hídricos no Estado.

Fonte: Alepi

Dê sua opinião: