Alepi

Franzé Silva participa do início da vacinação em pessoas com deficiência

O deputado do PT foi autor da lei coloca esse grupo de pessoas prioridade na vacinação contra Covid-19

Deputado Franzé Silva participou da vacina simbólica realizada no CEID

Deputado Franzé Silva participou da vacina simbólica realizada no CEID

O Piauí largou na frente como o primeiro estado do Brasil a iniciar a vacinação contra a Covid-19 de pessoas com deficiência. Na manhã deste domingo (21), data em que é comemorado o Dia Internacional da Síndrome de Down, cinco pessoas com deficiência foram vacinadas no Centro Integrado de Reabilitação (Ceir), em Teresina, marcando simbolicamente o início da imunização desse grupo que também é considerado de risco para o Coronavírus.

O Deputado Estadual Franzé Silva (PT) é o autor da lei nº 7.476/2021, que estabelece a prioridade de vacinação contra a Covid-19, das pessoas com deficiência no Estado. Ele afirmou que a execução da lei está corrigindo uma falha que excluía esse público da imunização contra a doença. “Estamos aqui cumprindo o nosso dever de cidadão. Após ouvir o clamor das categorias e entidades representativas das pessoas com deficiência no Piauí, estamos felizes em ver o nosso estado protagonizar hoje essa iniciativa pioneira no país, em favor da cidadania desses piauienses que estão entre os mais vulneráveis”, pontuou.

No ato simbólico que marcou a entrada desse grupo na vacinação, cinco pessoas com diferentes deficiências receberam a primeira dose do imunizante. Foram vacinados Pedro de Almeida Neto (síndrome de down), Walter dos Santos Falcão (autismo), Francisco Pereira Torres (cadeirante), Iraci Matos (deficiência visual) e Bernardo Farias Couto (surdez).

“Nós fizemos a nossa parte na Assembleia Legislativa do Piauí, que foi colocar as pessoas com deficiência onde elas precisam estar, no grau de prioridade que ocupam. Quero agradecer a todos os parlamentares que aprovaram essa lei, ao governador Wellington Dias que a sancionou e, também, a todos que colaboraram com a iniciativa, especialmente a Secretaria de Saúde do Estado que fez um esforço enorme para fazer cumprir a lei, sem prejudicar outras categorias. O Piauí demonstra mais uma vez que é um estado sensível às pessoas com deficiência”, comemorou o parlamentar.

As diretrizes para a vacinação foram estabelecidas pela Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência, com a operacionalização da Secretaria de Saúde. Nesta primeira etapa, cerca de mil pessoas com deficiência em todo Piauí receberão as duas doses da vacina. A distribuição será feita de acordo com a proporcionalidade do quantitativo de deficiência de cada município. De acordo com a ordem de prioridade estabelecida, a imunização vai iniciar primeiro pelas pessoas com deficiência que possuem mais de 60 anos e apresentem alguma comorbidade ou estejam institucionalizadas. A comorbidade deverá ser comprovada através de atestado ou laudo médico.

Fonte: Assessoria parlamentar

Dê sua opinião: