Deputados condenam declaração racista do presidente da Fundação Palmares

Presidente a Fundação Palmares ofendeu os negros com palavras de baixo nível

Deputado Estadual Marden Menezes (PSDB)

Deputado Estadual Marden Menezes (PSDB)

O deputado Dr. Hélio (PL) voltou a solicitar do Governo Estadual o envio de respiradores para a Santa Casa de Parnaíba, para que a mesma possa inaugurada sua UTI, lembrando que a sinalização já foi feita, para que sejam 20 aparelhos.

Marden Menezes (PSDB) se solidarizou com os colegas que criticaram a postura do presidente a Fundação  Palmares, que ofendeu os negros com palavras de baixo nível. Para o deputado, o país vive um momento de polêmicas desnecessárias, mas elas não partem apenas do lado do governo, uma vez que o ex-presidente Lula se vangloriou  pelo coronavírus, embora tivesse pedido desculpas.

Marden aproveitou para pedir ao Governo do Estado explicações  sobre denúncias de que respiradores foram adquiridos por preços diferenciados. O deputado Francisco Costa (PT) explicou que os respiradores tiveram diferença de preço porque uma parte foi adquirida antes da crise do coronavírus. O líder do Governo informou, sobre a volta das atividades comerciais, que o governador Wellington Dias ainda fará reunião com o setor e os deputados, para ouvir opiniões e poder  decidir com segurança.

O líder da oposição, Gustavo Neiva (PSB), cobrou esclarecimentos por parte da bancada do Governo a respeito da economia que o Estado fez com a reforma da Previdência, uma vez que os números revelados pelo governador Wellington Dias são de R$ 1 bilhão, enquanto os dados da Previdência estadual estão muito abaixo, cerca de R$ 200 milhões mensais.

O deputado João de Deus (PT) se solidarizou com os colegas sobre as declarações racistas do presidente da Fundação Palmares, lembrando que ele age a exemplo dos colegas da Educação e do Meio Ambiente.

Sobre declaração do ex-presidente Lula a respeito do novo coronavírus, lembrada por Marden Menezes, João de Deus disse que o ex-presidente teve a dignidade de pedir desculpas, o que os outros não fizeram. Franzé Silva (PT) foi o último a usar os três minutos, para afirmar que todas as medidas do governador Wellington Dias voltadas para a economia do Estado foram aprovadas pela Assembleia Legislativa. No caso da Previdência, segundo Franzé, a reforma seguiu as diretrizes do governo federal. O deputado concluiu afirmando que o Piauí não vive o caos de outros estados, mesmo os de maior economia.

Fonte: Alepi

Dê sua opinião: