Carlos Augusto avalia a candidatura do PL a prefeito de Teresina

Lançamento da candidatura de Fábio Abreu acontece na inauguração da sede do diretório do PL no Piauí

Deputado estadual Carlos Augusto (PL)
Foto: Alepi

Deputado estadual Carlos Augusto (PL) Foto: Alepi

O deputado estadual e ex-comandante geral da polícia militar do Piauí, Coronel Carlos Augusto (PL), em entrevista à imprensa, comentou sobre o lançamento da candidatura do deputado federal Fábio Abreu rumo ao Palácio da Cidade, marcada para o próximo dia 22 de janeiro. O lançamento da candidatura de Fábio Abreu acontece junto com a inauguração da sede do diretório estadual do partido na capital.

“Temos tido essa conversa, temos feito pesquisa em Teresina, o Fábio [Abreu] tem acompanhado bem de perto. A questão é que a política tem prazos e nós estamos aguardando os prazos do calendário eleitoral. O Fábio Abreu é deputado federal e está cumprindo uma missão em trabalhar na secretaria Estadual de Segurança Pública e já tem uma responsabilidade muito grande nessa missão [...] mas teremos a data certa, [para o lançamento da candidatura] que será até a inauguração do nosso diretório estadual e municipal, que é no dia 22”, revelou o coronel.

Carlos Augusto argumenta que a sociedade teresinense reconhece o esforço e o trabalho desempenhado pelo secretário não só em Teresina, mas em todo o Piauí. Portanto, não há qualquer desgaste com relação a imagem de Abreu frente a Secretaria de Segurança Pública do Estado.

Apesar de criticar a atual gestão da capital, Carlos Augusto reconhece os avanços em Teresina em decorrência da administração do grupo nesses últimos 30 anos, e avalia:

“A gente reconhece que eles tem várias ações que são positivas, mas o que a gente está defendendo é a mudança de experiência, porque quando você está 32 anos no comando de uma prefeitura como é o caso do grupo de Teresina, as pessoas se cansam e querem ir para novas experiências, e é assim que o Fábio Abreu tem se apresentado”, finalizou.

Dê sua opinião: