Alepi

Carlos Augusto quer derrubar de veto de governador a projeto de sua autoria

Projeto reconhece o risco para caçadores, atiradores esportivos e colecionadores de armas

A lei autoriza a aquisição de, no mínimo,16 armas para CACs

A lei autoriza a aquisição de, no mínimo,16 armas para CACs Foto: Agência Senado

O deputado estadual Carlos Augusto (MDB) presidia a sessão na Assembleia Legislativa no momento em que foi lido o veto da governadora Regina Sousa (PT), sobre o reconhecimento do risco para particantes de esportes, caçadores, atiradores esportivos, colecionadores de armas integrantes de entidades de desporto legalmente constituídas, os "CACs".
 
“Se ela me chamasse eu teria explicado. Nenhuma dificuldade. Ou o assessor dela, mas ele não teve dúvida e colocou algo que não tinha nada a ver com o meu projeto. Recebo com naturalidade”, reagiu o deputado em entrevista à TV Cidade Verde na tarde desta sexta-feira (17). 


 “Quem sou eu para tentar derrubar o veto da governadora. Eu penso diferente e quero mostrar isso. E se for para derrubar o veto, já sabe que meu voto é no sentido de aprovar o meu projeto. É o entendimento dos meus pares e espero que eles compreendam. Se não compreenderem, dê licença, estou tentando fazer meu papel de parlamentar”, afirmou o entrevistado.


“Antes desse projeto, nós tivemos uma ocorrência em Teresina, onde alguém se deslocando para o clube de tiro, se depara com as forças de segurança e são confundidas por causa da arma de fogo. Se associa logo à violência e são conduzidos aos distritos. Há uma série de questionamentos sobre isso. Reunimos o comando da PM-PI, Secretário de Segurança, delegado geral e fizemos lá um POP, que é o Procedimento Operacional Padrão. Tem em todos os estados. O projeto é para reconhecer as três modalidades como atividade de risco. Só quem concede porte de arma é a Polícia Federal”, explicou o autor do projeto vetado pela governadora.

“Fui comandante geral da PM e identifico nos CACs pessoas de bem. Eu vi o parecer e acredito realmente ter tido um equívoco. Para ser CAC tem um pré-requisito”, acrescentou.

Fonte: TV Cidade Verde

Dê sua opinião: