Alepi

B. Sá usa redes sociais para criticar governo pelo ICMS dos combustíveis

“A falta de sensibilidade do governo já afastou grandes empresas do Piauí"

Deputado estadual B. Sá (PP)

Deputado estadual B. Sá (PP) Foto: Thiago Amaral/Alepi

O deputado estadual B. Sá (Progressistas) usou as redes sociais para criticar a postura do Governo do Estado no que diz respeito à tributação. O parlamentar publicou, na manhã desta quinta-feira (30), críticas ao que ele chamou de "falta de sensibilidade" por parte do Poder Executivo estadual em relação à carga tributária que recai sobre as grandes empresas.

O parlamentar, que recentemente cobrou, na tribuna da Alepi, a redução das alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que compõem o preço dos combustíveis, afirmou que os elevados tributos provocaram a saída de empresas do Piauí.

“A falta de sensibilidade do governo estadual no quesito tributação já afastou grandes empresas, como a fábrica de margarina Bunge em Uruçuí, a fábrica de cimento Nassau em Fronteiras e fábricas de refrigerantes como a Kero, a Relva e a Coca-Cola”, citou.

A regulamentação do ICMS é de responsabilidade de cada Estado e do Distrito Federal. Esses entes estipulam a porcentagem a ser cobrada em suas regiões de atuação.

O parlamentar ressaltou que mesmo as empresas de origem local têm deixado o Piauí. “Podemos acrescentar a saída de grupos econômicos daqui para outros estados. É o caso do Grupo Jorge Batista e do Grupo R. Damásio. São milhares de empregos perdidos”, lamentou B. Sá, que voltou a solicitar do governo estadual a redução da alíquota de ICMS sobre os combustíveis.

Fonte: Alepi

Dê sua opinião: