Alepi

Deputado Pablo Santos elogia os avanços no Hospital Justino Luz em Picos

Pablo Santos afirma que o hospital estadual de Picos é de grande importância para a região

Deputado estadual Pablo Santos (MDB)

Deputado estadual Pablo Santos (MDB)

O deputado estadual Pablo Santos (MDB) comemorou a realização das primeiras cirurgias bucomaxilofaciais de alta complexidade, qued passaram a ser realziadas no Hospital Regional Justino Luz (HRJL), em Picos, desde a última quinta-feira, 20. O deputado destacou o serviço como mais uma grande conquista na assistência médica oferecida pela equipe do HJRL.

“O Justino Luz é um hospital de grande importância para o estado pelo seu potencial de atendimento a uma população de mais de meio milhão de habitantes na macrorregião de Picos, com um fluxo de atendimento de urgência e emergência que cresce cada dia mais. É o caso da cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial, que antes acontecia apenas em casos de menor complexidade e agora passa a ser realizada também em casos de alta complexidade”, diz Pablo Santos.

De acordo com o parlamentar, o serviço foi implantado no hospital ainda na sua gestão à frente da Fepiserh, fundação responsável pela administração do HRJL, com procedimentos de menor complexidade.

“Antes, apenas cirurgias de menor complexidade eram realizadas na unidade de saúde, mas junto com o atual presidente da FEPISERH, Ítalo Rodrigues, percebemos a necessidade de ampliar o serviço e com o apoio do Governo do Estado seguimos com o projeto. Para isso foram feitos processos licitatórios para a aquisição de instrumentos e materiais que possibilitassem a realização de cirurgias de alta complexidade. Sem dúvidas, é uma grande conquista para o Hospital e mais ainda para a população da região que pode contar com mais essa especialidade”, diz Pablo Santos.

A cirurgia de traumatologia bucomaxilofacial é uma especialidade da odontologia que tem por finalidade prestar assistência a pacientes que necessitam de tratamento para deformidades, traumas e patologias da face.  Para a diretora geral do hospital, Genyana Leal, “um novo cenário se abre para a população ao realizarmos cirurgias de face mais complexas, quando antes pacientes mais graves eram transferidos para Teresina”.

Fonte: Assessoria parlamentar

Dê sua opinião: