POLITICANDO

Regina Sousa saudou os novos deputados petistas com pronunciamento verdadeiro

A vice-governadora do Piauí colocou vários detalhes do que é ser um companheiro do PT

Regina Sousa mostrou ser PT Raiz

Regina Sousa mostrou ser PT Raiz

Petista histórica e uma das fundadoras do partido, a vice-governadora do estado, Regina Sousa, mandou um recado para os parlamentares que se filiaram nesta segunda-feira (15) ao PT: “vocês vão ter que ralar para ganhar uma eleição no PT”. A fala foi para avisar aos “novatos” que ter mandato não significa necessariamente ter regalias, como por exemplo o comando de diretórios no interior.

“Nos outros partidos, quando chega gente de mandato eles ganham diretório. No PT vocês não vão ganhar diretório nenhum. Vocês vão ter que ralar para ganhar uma eleição no PT”, disse a vice-governadora em seu discurso durante o evento que aconteceu no plenarinho da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi).

Assinaram a ficha de filiação os deputados estaduais Flávio Nogueira Júnior, Firmino Paulo, Oliveira Neto, Janaína Marques e o deputado federal Flávio Nogueira.

Regina elogiou a decisão dos deputados de mudaram de partido e ressaltou que as filiações ocorreram porque o partido decidiu acolher.

“Ninguém está chegando porque foi candidato. É claro que o convite é importante, mas vocês estão chegando porque o partido decidiu que ia acolher vocês. O partido se convenceu em acolher vocês, pois tiveram a coragem de deixar o partido de vocês para ficar desse lado. A maioria dos partidos está do outro lado. Eles estão em um lado que a gente não pode ignorar e a gente não tinha como acolhê-los no Partido dos Trabalhadores”, explicou.

A vice-governadora ainda brincou com os novos filiados e pediu a todos que lessem o estatuto e ficassem atentos as “surpresinhas” que constam no documento.

“Vão se tornar petistas, vão ler o estatuto e é bom ler logo. Tem algumas surpresinhas, como a contribuição financeira para quem tem mandato”, afirmou, ressaltando que um dos segredos para estar no partido é saber conviver e ter paciência.

“No PT você vai a uma reunião e parece que está numa rinha de galo de briga. A gente debate a mesma questão várias vezes. Tem que ter paciência. Vida longa no PT. Queremos que vocês fiquem”,

Dê sua opinião: