POLITICANDO

Rafael Fonteles discute propostas para atenção primária com agentes de saúde

Rafael destacou o cofinanciamento aos municípios e a capacitação dos agentes

Pré-candidato a governador Rafael Fonteles debate atenção primária com agentes de saúde

Pré-candidato a governador Rafael Fonteles debate atenção primária com agentes de saúde Foto: Divulgação/Assessoria

O pré-candidato do PT a governador, Rafael Fonteles, participou nesta segunda-feira (20) do II Seminário Estadual dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, realizado pela Federação dos Sindicatos de ACS e ACE do Piauí (Facsacepi). Fonteles colocou as principais propostas do seu projeto de governo voltadas para a saúde primária e ouviu as sugestões dos representantes.

Rafael destacou dois pontos principais: o cofinanciamento aos municípios e a capacitação dos agentes. “Nesta área temos como objetivo o apoio ao cofinanciamento aos municípios, que são os que contratam os agentes, mas também a capacitação dessas pessoas que exercem um papel tão importante na sociedade piauiense e brasileira, promovendo a saúde e bem-estar na atenção primária. São eles que vão em cada casa de cada município para orientar as famílias, para impedir a proliferação de doenças e para salvar vidas”, disse.




O pré-candidato também citou a necessidade de mais investimentos na atenção básica e primária como uma forma de reduzir custos na saúde.  “O Brasil foi tomando consciência de que a estratégia de luta mais eficiente e resolutiva é a que prioriza a atenção primária e esta é a que deve receber o maior número de investimentos porque ela gera um benefício socioeconômico maior do qualquer outro investimento em saúde, uma vez que previne ou impede que haja uma complicação maior da doença e, portanto, um custo maior para a sociedade lá na frente”, explicou.

O seminário também foi palco de pautas como as lutas pelo cumprimento da Emenda Constitucional 120, que prevê piso nacional de dois salários mínimos para ACS e ACE. “Hoje estamos comemorando mais essa conquista, que é fruto de uma luta organizada e resistente, mas que não conseguiríamos alcançar sem apoios de nomes importantes que levam as nossas pautas ao Congresso Nacional. É uma luta árdua e que precisa da atenção do poder público”, atentou o presidente da Facsacepi, Antônio Campelo

Marcaram presença no evento nomes que apoiaram e apoiam a luta dos ACS e ACE por melhores condições de trabalho. Além de Rafael Fonteles, também compareceram o senador Marcelo Castro, o presidente estadual do PT, João de Deus, e os deputados federais, Júlio César e Merlong Solano.



Fonte: Redação

Dê sua opinião: